segunda-feira, setembro 13, 2004

Saudações e divagações interrogativas

Saudações a todos:

Parece que me registei neste dito “blog de pipismo”. Contudo não sei bem ainda de que se trata nem quais os seu propósitos (dominar o Universo? será?). Gostaria deste modo uma explicação. E já agora porque pipismo?

Mas deixando a pergunta no ar penso que posso no entanto dar a minha primeira imagem sobre a criação de mais um “ismo”.

Começo naturalmente pelo nome, Pipismo. Nome este que aparentemente parece provir de pipi que curiosamente se apresenta com significados bastante peculiares. Ora vejamos:

Iniciemo-nos com o mais tradicional e popular pipi dos meninos e meninas. Querendo com isto se referir aos órgãos genitais de cada um, assim como alguns dos efeitos de ai obtidos. Com base nesta definição não me parece que esta corrente se tenha criado a partir destes moldes, digamos que não seria muito original (se é que é originalidade que se pretende). Mas não fugindo aos trâmites dos dizeres populares posso referir ainda que o pipi, está associado também a galináceos e mais vulgarmente ao som que se produz durante o seu chamamento. Hmmmm….

Mas entrando em patamares mais científicos podemos dizer que o pipi é o nome dado a uma "árvore medicinal da região amazónica; planta subarbustiva, da família. das Fitolacáceas, tropical, de raiz com cheiro aliáceo, tóxica e medicinal, usada para matar peixes"
Existindo também ervas com o dito nome, ora vejam o site da dita “Erva de Pipi”:

http://www.cotianet.com.br/eco/HERB/guine.htm

(também não me parece)

Poderia ainda fazer referência à pipi-das-meias-altas, mas penso que não será necessário pois o nome por si diz tudo.

Por ultimo e não o menos importante - o famoso nº Pi. Ora ai está! Pode ser que neste número se encontre uma explicação – pipi não é mais que o produto de pi por si mesmo, quer isto dizer pi ao quadrado. Ora quadrado leva ao dito nº 4 a que se faz referência nos anteriores posts. Será? Ou será que a lógica de tudo isto é a de não ter lógica, senão aquela ditada pela nossa necessidade de fugir à lógica do nosso próprio mundo.
Será este novo “ismo” a corrente que procura algo muito acima do terceiro excluído – digamos o quarto excluído?

Já agora! Não me lembro de me terem pago pela foto dos quatro dedos (mas estou certo de que foi simplesmente um esquecimento).

E já existe uma música atribuída ora vejam e ouçam:

http://w3.restena.lu/musep/Songs/Pipi.html

(o que me leva a perguntar – será que já existe alguma espécie de hino?)

Sem comentários: