sábado, dezembro 11, 2004

Física e Educação Física

Por muito que se possa dizer mal dos desenhos animados, ele há coisas que não tolero.

Na verdade, na ilha tropical onde coexiste o Urso Polar com outros animais, há neve; e a ideia a transmitir é a multiculturalidade.
Os Motorratos de Marte não têm defesa possível, eram estúpidos.
E qual é o mal de se falar espanhol no Japão?, são os efeitos da globalização.

Onde quero chegar é que têm que se informar um pouco mais sobre o tema que estão a falar, antes de começarem a debitar parvoíces a torto e a direito, tenham calma. Felizmente eu sou um cidadão exemplar e informado que vos posso ajudar com o meu "savoir-faire". Sou Buda, um arauto de sabedoria para vos imbuir no mais milenar conhecimento.

No entanto, encarem-me como um igual, não pretendo ser vosso líder, nem tão pouco Pipista, estou só aqui para vos ajudar a fazer as escolhas (qualquer coisa como a Oráculo no Matrix).

Mas falando mais concretamente, leio-vos escrever tanta coisas sobre matemática, física e outras áreas afins, para quê? Para mostrar aos mais leigos o que sabem? O Saber deve dar prazer por si só, não é para dar ares de arrogância. Tendo em conta o meu passado, não tenho dificuldade em entender-vos, mas decerto outros terão, outros de outras áreas.

Por fim, para os vossos tempos livres recomendo Educação Física, não Física, Educação Física para extravasarem o que quer que seja que vos esteja a minar as hormonas. Fica a sugestão, para que não seja preciso fazer um desenho a-posteriori.

2 comentários:

João Vasco disse...

Buda, tu és um meta-Pipista.
Parabéns!

Izidoro Erschöpft disse...

Mestre,
Você poderia desenvolver um pouco mais as relações entre física e educação física, no sentido de uma epistemologia?
Obrigado,
Erschöpft