quinta-feira, maio 26, 2005

O melhor é publicar antes que me arrependa

Minhas senhoras e meus senhores:

Chega de demagogia. Chega de falsidade. Chega de vivermos na penumbra dos tempos à espera que caia a oportunidade de dominarmos o mundo, e arredores. Encontrei o que me parece a solução para todos os nossos problemas (dos pipistas, o resto do pessoal não interessa). O que é preciso é pegar no touro pelos cornos e dizer-lhe assim: epá jovem, já tomavas conta da vaca da tua mulher! E pronto!

Sendo assim, vou passar à acção e declarar perante todos (sim, porque com esta história da internet qualquer papalvo pode chegar a este antro e ver a quantidade exurbitante de excremento que tem sido dito sem no entanto ter havido acção nenhuma, ou seja é só paleio, Excepto esta mensagem, que de modo óbvio, pela maneira brilhante como está exposta, e pela sua praticabilidade, vai ser executada à risca e em pleno, tal como uma promessa eleitoral em fim de campanha quando o candidato está tão desesperado que diz qualquer coisa para obter nem que seja mais um voto ao parvo que tiver o azar de o estar a ouvir, ao candidato, obviamente, não a ele próprio, porque isso seguramente seria pior, afinal de contas é um parvo) o seguinte:

Eu sou o senhor do Sol. (democraticamente, claro)

Quem quiser directamente usufruir do Sol tem de me pagar uma taxa, por energia recebida. (reparar que não é preciso usufruir do Sol, basta querer usufruir para ter de pagar a taxa)

Quem usufruir indirectamente do Sol, tem que pagar uma taxa que eu considere adequada.

Quem pagar pode continuar a viver inutilmente a sua vida, de modo igual ao que tem vivido (embora sem o fardo do dinheiro)

Quem não pagar, vou instruir à face armada do pipismo para tratar desses. Será feito do seguinte modo:
1. agrupar quem não paga por países
2. associar cada país ao lado de um dado
3. lançar o dado
4. atacar o país correspondente ao dado, com armas de distracção massiva
5. intimidar os outros países
6. esperar uns dias que os países chicoteem as pessoas em falta
7. voltar a 1.

Camaradas populistas, é agora o momento (zen), há que não fugir às responsabilidades, e arranjar maneiras de raptar/controlar/(evitar que pessoas usem sem o meu consentimento) o Sol, sim, porque os pormenores não vêem numa declaração de intenções, isso é deixado aos outros que também têm de fazer alguma coisa.

Saudações pipistas a todos, menos àqueles que dizem que são pipistas a toda a gente, mas que no fundo sabem muito bem que não o são

Sem comentários: