terça-feira, novembro 30, 2004

Todo o suicida é um optimista

Já imaginaram? Todo o suicida quer uma situação melhor para si e faz por isso, a sério. Já imaginaram o grau de pragmatismo optimista que isso requer??

Por isso peço-vos, amigos, antes que a ineptidão esclerótica tome conta de vós!
Façai algo contra a liquefacção neuronal!
Pel'amor de vocês, tornem-se suicidas!

sábado, novembro 27, 2004

Lençóis e Esperma

Ontem à noite forniquei com a Anita.

Isto é a Anita hoje de manhã, na minha cama:

Sidharta Y

(Eu fumo e gosto.)


A minha ausência é algo que vos assusta, bem sei. retirei-me para fazer uma incursão espiritual nos confins do mundo, para procurar em mim o que mais de Pipista há. Não encontrei. Mas não é isso também ser Pipista?

Ah, mas aprendi a dar porrada com o Genghis Kahn. Não se metam comigo.
(Gostava de conhecer a Anita, alguém ma apresenta. É que gosto de pessoas mentirosas, como eu. Mas a parte do Genghis Kahn é verdade.)


quinta-feira, novembro 25, 2004

Margovia e Bladerain - verdadeiros Pipistas

Até agora têm sido verdadeiros Pipistas.
São autores deste blogue... e não são.

Não escreveram nenhum artigo... mas escreveram (o tempo é uma ilusão - atentem nesta profecia).

Puderam dar o seu contributo precioso através da inacção e do silêncio... mas também o podem dar através da acção e da Palavra.

Podem ter todas as razões e desculpas que justifiquem o facto de não terem dado aos outros o prazer de ler os seus artigos... mas não há desculpa ou razão que possam ter ou dar que justifique esse mesmo facto.

Eu não os quero pressionar, influenciar as suas prioridades e a forma como organizam a sua vida pessoal, chamá-los à atenção publicamente, fazer com que se sintam culpados e envergonhados por não escrever, para que apareça cá em breve qualquer artigo da sua autoria... MAS É ÓBVIO QUE QUERO!!! Aliás, acabei de o (tentar) fazer.

quarta-feira, novembro 24, 2004

Isso

Jorge Martins: = Pipismo diz:
io

Filipe Pinheiro diz:
diga

Jorge Martins: = Pipismo diz:
hum....diga o quÊ?

Filipe Pinheiro diz:
qq coisa

Filipe Pinheiro diz:
o que quiseres

Filipe Pinheiro diz:
pode ser mesmo isso!

Jorge Martins: = Pipismo diz:
o quê? isso?

Filipe Pinheiro diz:
exacto

Jorge Martins: = Pipismo diz:
isso é um bocado pipista

Jorge Martins: = Pipismo diz:
acho que vou pôr isso no pipismo

Filipe Pinheiro diz:
ya

Jorge Martins: = Pipismo diz:
vou pôr isso isso no pipismo, não o que escrevi antes

Jorge Martins: = Pipismo diz:
apenas isso

Jorge Martins: = Pipismo diz:
quer dizer, não é bem apenas, mas essencialmente .... .... ..... isso

Jorge Martins: = Pipismo diz:
.... ou não

Curtir é ser pipista sem se saber

segunda-feira, novembro 22, 2004

Os Pipíadas

As mentiras e os mitos assoberbados
Que, p'la acidental prole sub-humana
Com grunhidos nunca dantes arrotados
Soltos foram e aplaudidos à paisana,
Em loucos delírios lobotomizados,
Mais do que pode a estultice insana,
E que outras patetices eclipsaram,
Que semelhantes não se encontraram,

E também as argumentações manhosas
Dos idiotas que andaram apregoando
A burrice, o contrasenso, e as ideias frutuosas
Dos inteligentes andaram deturpando,
E aqueles que com ideias duvidosas
Se vão das leis da Lógica libertando,
Disparatando alardoarei sem que me farte,
Se a inteligência conseguir pôr de parte...

domingo, novembro 21, 2004

Pipismo na luta contra o tabaco!

Pipismo é perigoso?

Por diversas vezes, a partir de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa, no geral, e mundial, em particular. Fomos acusados de postura perigosa e preocupante. Uma possível resposta pode ser: "e isto o que é!?"

sábado, novembro 20, 2004

Programa Pipismo++ V1.02

#include pipismo.h

main() /*Progama virus para infectar planeta terra*/
{
for(ser_humano=0; ser_humano menor populacao_terra;
ser_humano++)
{
Converter_ao_Pipismo(ser_humano);
}
return dizima
}

Visitas Pipistas

Este blog mantém um contador do número de vezes que esta página foi visitada pela primeira vez, e do número de vezes que a página foi carregada no total, tal como muitos outros blogues. As estatísticas podem ser consultadas aqui.

Uma coisa curiosa, que podem verificar, é que a percentagem de páginas carregadas que correspondem à primeira visita (em 20/11/04) é de 2485%. Por outro lado, a percentagem de páginas carregadas que correspondem a uma visita que não seja a primeira é de -2385%.
Eis dados em relação aos quais muito poucos blogues se poderão orgulhar.

VIVA O PIPISMO!!!

quinta-feira, novembro 18, 2004

Persona: Bom ou Mau?

Eu perguntei ao Pipista Persona: "és Bom ou és Mau?"
Ele respondeu-me "sou Bom E Mau".

Mas antendendo a que o que ele diz É TUDO MENTIRAS (o uso alternativo(?) das regras da gramática é intencional nesta expressão) o que é que podemos concluir? Que ele é Bom ou Mau, ou nenhum deles, mas não ambos. Mas não ser nem Bom nem Mau não será igual a ser Bom e Mau?

Segundo o Pipismo somos todos Bons e Maus, mas por outro lado não o somos. Quererá isto dizer que por outro lado não somos nem Bons nem Maus, ou que não somos Bons e Maus, confirmando que ao afirmarmo-lo estamos a fazer o mesmo que o persona (a mentir descaradamente)? Será que mentir é uma forma diferente de dizer a verdade?

Deixo-vos com estas reflexões profundas.
Mistérios do Pipismo.

terça-feira, novembro 16, 2004

Uma das vertentes para se ser pipista

Mesmo aquele que se diz lógico, adulto e consciente de sim mesmo

Se pode tornar um “Pipista”

Assim que o medo se desenrole em incertezas.

A quarta revelação

Em boa hora se revelou mais uma profecia, desta vez pela profeta Ana, certamente inspirada pelo divino local em que nos encontrávamos. Recordo agora que, como mero espectador, pude observar um dos momentos mais extraordinários passados em Lisboa desde.....bom, desde sempre. Esse momento afectou o mundo inteiro, mas como sempre, as massas amorfas não se aperceberam de nada, do quanto dependem do Pipismo.

Foi há não muito tempo atrás que nós, três profetas incontestados do pipismo, descíamos a alameda do técnico para ir jantar na cantina com mais três seres triviais (triviais: que não conhecem o pipismo). Devo dizer que a primeira revelação de Ana surgiu antes, na discussão de onde iríamos comer. Ela disse:

"Não me apetece muito ir à cantina"

mas não tomámos consciência do poder da afirmação e fomos então como que magnetizados pelo MAL para a cantina.
A segunda revelação de Ana surgiu nesse momento que descíamos a Alameda.

"Ouve lá..." (referindo-se ao facto dos seres triviais irem bastante à nossa frente)

e eis que no momento tudo se coordenou para que à cantina não fossemos. JV foi o porta voz e exprimiu o sentimento de que tínhamos de ir a outro sítio. No momento vacilámos, pensámos em voltar para trás, afinal dois dos seres triviais afinal iam para casa e não para a cantina, o outro ficaria só...mas não pudémos resistir ao impulso de algo que é maior que nós e decidimos ir à sagrada tasca, embora sem ainda o saber. Quando cruzámos aquele lugar mágico, Ana teve a terceira revelação:

"Nunca aqui vim"

e entrámos. Logo sentimos a aura que rodeava o local como que a envolver-nos na conversa que vinhamos tendo. Aí aconteceu a tragédia: JV chocou-nos com a sua interpelação. Ele admitiu ter uma fatal doença e descreveu-a com tal lucidez e simplicidade que aposto que todos os verdadeiros pipistas sentiram o frio a percorrer-lhes a espinha nesse dia, mesmo não estando no local. Entre choros e gritos, caos e desordem, entre a mais pura apocalipse (afinal toda a gente sabe que os pipistas são indestrutíveis em mente e corpo) eis que a quarta e última revelação (sim, quarta) surgiu, mais uma vez de Ana:

"Do sagrado beberás e a doença curarás"

devo dizer que na hora duvidei mas isso só prova a genialidade da profeta Ana, que insistiu na sua revelação pois ela sabia que era, que só podia ser, que tinha de ser, a VERDADE.

Mais tarde, JV confessou que se sentia melhor e que a sua fatal doença estava ultrapassada. Milagre!!! Milagre!!!!!! A alegria estendeu-se a todos o elementos do Universo, apesar de muitos não o saberem. Só então, nesse momento, é que me apercebi de toda a essência do ser, e porque é que JV foi curado. Ele bebeu a essência do ser, como todos o fazemos de tempos em tempos. É a renovação do ser que o torna mágico e que permite a sua continuidade por todo o espaço-tempo.
Foi esta a história, a revelação, a aventura que vos quis contar. Às vezes pergunto-me se terá sido apenas uma história, ou mera coincidência. Esse pensamento desvanece naturalmente logo que é confrontado com as verdades do Pipismo...

PS: se forem à tasca sagrada não peçam porco preto, a carne é gordurosa, muito salgada e dura que nem uma sola de sapato.

segunda-feira, novembro 15, 2004

Artigo a dizer "Cheguei!"

"Cheguei!"
"O ciclo está completo!"
"O 13º selo foi quebrado!"
"Uma nova era vai começar"

Assinado: "O último dos Profetas"

PS: Isto é só para desmentir os rumores que me davam como desaparecido, morto ou não existente.

domingo, novembro 14, 2004

Obituário pipista

Faleceu o nosso camarada Ogílvio, por motivo de doença prolongada. Ogílvio morre esquecido, sem amigos, família, alguém que o compreendesse na crença que seguia e sobre a qual jamais se pronunciou. Ogílvio converteu-se ao Pipismo no leito da morte, enquanto se debatia, incansável, no suspiro final da enfermidade que o ceifou. A vida, essa quimérica, senil meia maratona de velhos no estretor da razão, foi injusta para Ogílvio. Ogílvio nasceu pobre e anónimo em data incerta, morreu pobre e anónimo em data incerta. A breve passagem de Ogílvio pelo sanatório falido e bolorento a que chamamos sociedade foi sublime e imperceptível, instantaneamente redutível à ignorância natural que é a inexistência.

Ogílvio é hoje um ícone do Pipismo. Ofereçamos um lugar na nossa memória a Ogílvio, e sigamos o seu magnânime exemplo.

Persona non grata

Camarada, a incompetência não pode tomar conta deste blog. No teu último post, porque não disseste algo? Devias postar algo, e não qualquer coisa. Porque algo é bom, na certeza de que nem tudo é mau. Devias pois ter postado algo. Qualquer coisa serve, já que isto é o Pipismo, por isso qualquer coisa estará muito bem. Mas qualquer coisa é algo, já que algo tem de equivaler a outra qualquer coisa (nalgum caso, mesmo que não o conheça). Por isso repito: porque não postaste algo?!? A falta de consideração pelos leitores é atroz! Vê lá se escreves algo... Pode ser qualquer coisa, mas algo. Se faz favor...?

sábado, novembro 13, 2004

Mas na verdade, na verdade, é TUDO mentira!

Está no meu ddestino não trabalhar hoje na série de Sistemas Dinâmicos.
E eu não posso lutar contra o meu destino.

sexta-feira, novembro 12, 2004

quinta-feira, novembro 11, 2004

Pipismo Para as Massas

Já nos chamaram de elitistas.
Para acabar com a polémica de uma vez por todas, disponilizo aqui a Prova Final, que é uma imagem que prova precisamente o contrário: Não nos chamaram de elitistas.





[imagem descaradamente roubada de www.oyonale.com]

terça-feira, novembro 09, 2004

Verdade? O que é a verdade?

Os Elefantes são Elegantes.
Ou não...

Cuidados a ter com o PIPISMO

Nos dias que correm, torna-se vulgar utilizar referências ao pipismo. Começam a surgir lugares comuns como: "eh pá ... porque estas feito pipista?" ou mesmo "eh pá ... isto é uma cena bué pipista!" ou ainda "olha-me este ... anda armado em profeta do pipismo! CARAMELO DUMA FIGA!".
Convém ter algum cuidado! É preciso respeito e a algumas pessoas impõem-se uma lavagem oral, antes de ousarem pronunciar referências pipistas. Soube que recentemente um elemento deste blog, foi intitulado "pipista" num outro blog que também frequenta. Isto é muito grave! É mesmo uma vergonha!
Caso ainda não tenham dado pela subtileza da escrita, pipista não é a mesma coisa que pipista! Atenção!
Pipismo, pode escrever-se pIpIsMo ou pIPISMO, mas nunca pIpIsMo ou pIPISMO. Torna-se necessário ir mais além nesta questão. Falar ou escrever pipista e completamente diferente de falar ou escrever pipista. Da mesma maneira que pipismo não tem nada a haver com pipismo.
Para mais esclarecimentos posso disponibilizar o meu contacto.

domingo, novembro 07, 2004

sábado, novembro 06, 2004

A Bela é o Monstro

´

Santo Isidro

"A marca deste vinho evoca o Padroeiro da Agricultura. E reza a lenda que Santo Isidro, quando suspendia a tarefa para orar, os anjos vinham pegar no arado e continuavam a lavrar por ele."
Não me apetece passar mais deste rotulo estupido! Já me basta ter carregado com a merda da garrafa até aqui!

Notícias pipistas

Agência Pipista - Kilimanjaro

O Sr. Ermenegildo, 72, natural de Moura, vive no cume do Kilimanjaro onde tem um pequeno estabelecimento comercial. "Vim para aqui anteontem" confessa. "Lá na minha terra as coisas andavam muito paradas e aqui sempre há mais movimento." Praticante de desportos radicais, Ermenegildo José Feliciano dos Santos pratica sky diving há um par de semanas. "Atiro-me do telhado do meu café, e aprecio a brisa enquanto vou descendo, e depois volto para dentro para atender os clientes." A azáfama do seu café não o impede de disfrutar da adrenalina. "Corre-me nas veias. Uma vez aterrei em cima de um carapau." O seu café, "A Choupana", é local de convergência de toda uma multidão, na sua maioria jovens viciados em Sugus. "Os caramelos Circo já não são o que eram..." Mas o Kilimanjaro não era o destino inicial de Ermenegildo - o septagenário hesitou entre a Fossa das Marianas e o sistema de esgotos indiano. "Queria algo... ...bom. Mas a fossa... isso cheira-me a porcaria." Católico praticante, põe agora em causa as suas crenças. "Ouvi falar do Pipismo, e como não é preciso ir à missa..." Ermenegildo dos Santos está agora a pensar escolher entre abrir um casino no canal do Suez e uma bancada de tiro ao alvo no Estreito de Magalhães. "Olha ali um peru!"

sexta-feira, novembro 05, 2004

Einstein Porno Star

Masturbação. Pura.. masturbação. Assim confrontamos o Conhecimento e assim ejaculamos a incerteza do nosso corpo, num fetiche repetido até à exaustão da libído.

Já pensaram que o esperma da incerteza é a frágil flor do amanhã?

quinta-feira, novembro 04, 2004

Quem sabe sabe

"Primeiro, informe-se dos factos; depois, pode distorcê-los quanto quiser" Mark Twain


A Ambiguidade Está no Problema e Não no Método

Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta!

À nossa volta
Em cada recanto o infinito

Estarei farto de esperar pela espera?
Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta!

Não vamos falar do Bush

Muita gente tem ficado espantada com o nosso silêncio face ao desfecho das eleições norte-americanas. Sendo a vitória de Bush um fenómeno incrivelmente Pipista, como podemos nós nem sequer a referir?
Passa-se que todos andam a falar sobre isso, a dizer tudo aquilo que há para dizer. A reptir vezes sem conta Bush ganhou, Bush ganhou, Bush ganhou... Bush ganhou por isto, Bush ganhou por aquilo, ainda bem, ainda mal...
O Pipismo é diferente! Não vamos repetir as mesmas palavras sem conta, até à exaustão. Não vamos repetir a mesma lenga lenga. Chega de repetições. Chega de voltar a dizer tudo aquilo que há para dizer e não há para dizer.
Não desperdiçaremos nem uma palavra deste espaço a falar sobre esses acontecimentos.

quarta-feira, novembro 03, 2004

Anita contra-ataca

Muitos me perguntaram, depois do último post, quem é Anita. Não sei quem é Anita e não quero saber, porque não me dou com mentirosos. Anita só se dá com mentirosos. Nunca falei com ela nem com os seus conhecidos, e nem quero. Porque quereria ouvir mentiras? Eu não perco tempo com coisas idiotas. E essa megera há de pagá-las.

terça-feira, novembro 02, 2004

segunda-feira, novembro 01, 2004

"Personal Velocity"



Just in case you were wondering... Thee above is Personal Velocity.

Slow motioned in sunday morning, grey sky, coffee, kisses in the bed.
Making love, fucking. Emotioned. With pearls instead of tears.