sexta-feira, dezembro 31, 2004

Sinceridade Amorosa

O fim do ano não interessa, interessa que vocês mudaram a minha vida, bastante. Eu já era uma pessoa parva, mas com a vossa companhia escrita tornei-me ainda mais neurótico, psicótico e os meus comportamentos obsessivo-compulsivos conseguem alienar cada vez mais pessoas.
Enfim, mas gosto de vocês. Gosto tanto como de sopa de mogangos. Gosto tanto de vocês como apanhar uma diarreia e perder oito quilogramas em dois dias. Gosto tanto de vocês como de vomitar bilis. Gosto tando de vocês como estar tão bêbado e drogado que nem me consigo lembrar o que é que é sexo. Gosto tanto de vocês como de prostitutas cheias de gonorreia e sífilis.
E já que estou numa de declarações explícitas - nesta época deve-se dizer sempre a verdade, 'no matter what' (acho que vi isto num filme) - fiquem sabendo que para o ano vindouro ainda vos vou tratar pior, e vos vou fazer ver em frente a esses olhos vermelhos de quem não sai da frente do computador, que são pessoas que não interessam a ninguém
Mas não me interpretem mal, eu gosto de vocês.
E espero que no próximo ano não vos falte nada; a não ser a saúde, claro está.

Fim de um ano

Caros pipistas

Este foi o primeiro ano do pipismo, não faço ideia de quantos mais teremos. De maneira que mais vale aproveitar bem enquanto há pipismo. Para bem da sanidade intelectual de cada um/uma. Como membro fundador do pipismo e criador deste recanto na blogosfera, quero dirigir a todos os perturbados membros e leitores, um profundo e sincero obrigado.
Obrigado por tudo e obrigado por nada.
Obrigado por tudo e obrigado por nada.
Obrigado por tudo e obrigado por nada.
Obrig

terça-feira, dezembro 28, 2004

Viagra pipista

Buda,

Mais uma vez a tua Grande Boca se abriu p'ra caralho. Para nos deleitar com Sabedoria!
Não fossemos nós uns ignóbeis pipistas e tu não serias o nosso Mestre!
Viva a Ignorância que a tua Sabedoria pede!
Semeemos a Estultice para a tua Ciência matar!
Tu és a seara e o pão-nosso do Pipismo! Viva Buda! Viva!

Nós somos as putas da nossa construção porque o Pipismo é um bordel, e tu és o nosso Chulo. Viva Buda!! És o Pipista-Mor! És o Grão-Ícone!!

És o Norte, o Sul, o Poente e o Levante! Dá-nos o teu Conhecimento que nos guia na nossa interminável quimera sem sentido!

Obrigado Buda, obrigado! É em nome de todos que te agradeço! Este blog imortal não vive sem ti!

Pi obrigados para o Buda!

Obrigado!
Obrigado!
Obrigado!
Obri...

segunda-feira, dezembro 27, 2004

IMPOTENTES PREPOTENTES

Sabem o que é um ícone? Não parece.

Para algo ser transformado em ícone é necessário haver uma história por trás, um conjunto de importantes feitos, algo mque nenhum de nós fez. E o que é que vocês fizeram? pegaram em ícones já estabelecidos e juntaram-nos construindo um paradoxo; na melhor das hipóteses fizeram uns desenhos imperceptíveis num quadro branco no técnico.
Raios, às vezes fico mesmo irritado com coisas que leio, mas não desisto da vossa educação. Começo a achar que vocês estão a prostituir aquilo que defendem como Pipismo e não-Pipismo.

Vocês são as Putas da vossa construção, uns vendidos. Felizmente é natal, e estas coisas ditas com verdade nesta época não magoam, mas acho que está na altura de crescerem um pouco, arranjarem uma vida e escreverem coisas que façam sentido. Começo a encontrar na vossa fascinação pipista a falta de um elemento de equilíbrio: a ausência de algo nas vossas vidas que vos permite uma concentração inimaginável, perdão, uma concentração 'p'ra caralho' (esta até tinha alguma pinta) no blog.
Enfim, com a minha infinita sabedoria, perdão, a minha sabedoria 'p'ra caralho', tento dizer-vos algo, se não entenderam é porque realmente não são pipistas, ou não.

sábado, dezembro 25, 2004

Espalhemo-nos como um vírus

Encontrei isto neste blog ( http://mandaxuva.blogs.sapo.pt/arquivo/315644.html )

<"Pra caralho", por exemplo.
Que expressão traduz maior idéia de quantidade do que "pra caralho"?
"Pra caralho" tende ao infinito, é quase uma expressão matemática, física.
A Via-Láctea tem estrelas pra caralho, o Sol é quente pra caralho, o universo é antigo pra caralho, percebem?>>

Há pessoas que são pipistas e nunca lhes passou pela cabeça.
Isso só me dá mais vontade de espalhar o pipismo, como um vírus espalha o seu código ou genes.

Por isso, como já discuti com alguns membros, podíamos fazer umas t-shirts pipistas com a iconografia pipista. Segundo o milton temos cada conjunto t-shirt + impressão custa 12 óiros, se a t-shirt tiver côr é um pouco mais cara, mas perfeitamente dentro do orçamento.

A ideia é pôr o icon pipista (se tivermos a aprovação do Persona) em ponto pequeno e a iconografia pipista em grande, à escolha do freguês. Noutras t-shirts podia-se também pôr o icon pipista em grande. Que acham?

Natal Pipista

O Natal é todos os dias :)

sexta-feira, dezembro 24, 2004

Iconografia Pipista - CCCXIV/C

Atentai novamente no quadro revelado:



Atentai na mais importante de todas as revelações, o diagrama d'Henrique:



Este diagrama tem lá tudo, TUDO.
Será melhor ser o Cosmonauta a revelar os segredos por detrás do diagrama d'Henrique, pois foi quem o estudou com mais afinco, para compreender os segredos do Universo (os Pipistas são guardiães da civilização).

Iconografia Pipista - V



O Capitalismo é Comunismo Zen!

Iconografia Pipista - III

Eis o quadro:



Atentei no que lá está. Os pormenores são essenciais:



Este magníifico resultado surge de uma fantástica descoberta da Termodinâmica.
Se igualarmos o integral volumétrico da densidade volúmica de energia do corpo negro ao integral angular na superfície esférica da potência radiada por este, obeteremos a seguinte igualdade (teorema de Gama):

t * c * T = 4

Eis algo fabuloso!
Isso quer dizer o quê?
Quer dizer que a temperatura de um objecto é inversamente proporcional ao tempo que passou desde que iniciamos a medição?
Quer dizer que as horas variam com a velocidade da luz?
Quer dizer que o comprimento de qualquer objecto vezes a sua temperatura é sempre igual a 4?
Quer dizer que as horas que são dependem da temperatura do objecto que tomamos por referência?
Não meus amigos!
Ao propor todas estas hipóteses (por muito sentido que façam) estamos a ser preconceitosos e a querer fechar os olhos às evidências.
Quer dizer algo de muito mais extraordinário!!
Quer dizer que 4 não é constante.
Daí o lema de João Vasco:

Existe f(x)=4 tal que a sua derivada é diferente de 0.
(formulação simples-diferente da do diagrama)

Meus amigos: o 4 não é constante!!!
É esta aliás mais uma prova de que 4 = 5.

Foi o Vovin quem o disse:

"um bom pipista joga DK sempre que possivel"
Vovin

quinta-feira, dezembro 23, 2004

Iconografia Pipista - II

A Santíssima Trindade É Pipista:

"Temos que o Pai é Deus, e o Filho, e o Espírito Santo, e estes três Deuses fazem um Deus. De acordo com a tabuada de multiplicar celeste, um vezes um dá três, e três vezes um dá um, e de acordo com a subtracção celeste se nós de três retiramos dois, com três ficamos. A soma é igualmente peculiar: adicionemos dois a um e ficaremos com apenas um."
QED

Se a Santíssima Trindade é Pipista, então não o é.
Nesse caso a Trindade oposta, a Demoníaca Trindade não o é.
E não o sendo, é-o.
É por essa razão que não se justifica como parte da iconografia Pipista a seguinte imagem:



Iconografia Pipista - I



Não vou comentar esta imagem dissonante em consonância, porque está escrito.
Palavra Pipista.

Sidharta Z

Olá,
(e até consigo sentir os vossos portáteis no técnico a tremer de medo com o que possa aqui dizer).

Ponto primeiro:
Soube há pouco que há raparigas neste blog, o que acho excelente, pois assim ficam resolvidos os problemas de falta de sexo de que sofrem a maioria dos participantes. Lamento meninas, mas está na altura de fazer render os vossos encantos (ou não, se não os tiverem).

Ponto segundo:
O Saber embora possa superiorizar um indivíduo ao outro, só nessa possibilidade é que é indissociável da arrogância, algo que todos vocês possuem em larga escala (ainda que o Saber não seja assim tanto). Coisas.

Ponto terceiro:
Feliz natal.

quarta-feira, dezembro 22, 2004

É favor confirmar

δ-Dirac é comestível

Encontrei a distribuição δ-Dirac num resto de croissant! Sendo a língua do meu amigo que o comprou a função de teste, como o croissant não lhe soube a nada (porque estava frio e não o comeu todo) surge naturalmente que:

F(f,φ) = φ(0)

Ora é fácil ver que f(n) tende para a δ-Dirac, já que o volume do croissant se concentra na boca do meu amigo. A certo ponto só terá uma pequena migalha!
Por outro lado, é de notar que a função cumulativa da refeição é a função de Heaviside, já que o croissant era misto - ao confeccionar a merenda, só temos um croissant misto ao termos já o queijo e o fiambre dentro do croissant. Antes disso não temos nada (0), e ao colocarmos ou o fiambre ou o queijo podemos dizer, por abuso de linguagem, que temos "metade" de um croissant misto. Como não se fala de boca cheia, isso não é um problema.

Gabinete de Censura Pipista

Eu penso que este blog é uma π. Aliás devo acrescentar que isto não passa de π. E todos vocês são uns π... Eu também claro!
E π que π e nunca π porque π.
E já agor... π
Ma.. π
E. π
π

Viva o Ππsmo!

Achei que era importante dizer isto

(F- Francisco, J- Jorge, M- Miguel)

M- Então fazer uma t-shirt com o Che Guevara e ao mesmo tempo com o símbolo da McDonalds!
J- Uau! Isso é fantástico.... é ...... é .....
F- Mas não consegues exprimir por palavras ......
J- Por acaso até sei que existe uma palavra mas não me lembro .... Ah, é dissonante!
F- Não, consonante.
J- Consonante?
M- Sim, consonante!
J- Mas o Che e a McDonalds estão em dissonância....
M- Consonância.
J-?
F- Não, vocês os dois é que tiveram consonância pois tiveram a mesma interpretação.
M- Não, o Che ....
Em uníssono- Já é uma marca!
M- Portanto é consonância.
J- Então nós estávamos em dissonância. E agora estamos todos em consonância.


Moral da história: os meros leitores podem ousar pensar que diferentes autores às vezes estão em dissonância, mas a verdade é que é preciso esperar pelo fim da história para conseguir ver a consonância que sempre lá esteve, mesmo que seja sob a a forma de dissonância.


P.S. - Este post não é um relato e tem, obviamente, erros graves de interpretação pelo autor, o que só enriquece a verdade.

segunda-feira, dezembro 20, 2004

sexta-feira, dezembro 17, 2004

quinta-feira, dezembro 16, 2004

Budas para todos!

O Mundo precisa de mais pipistas como o Buda para que o Pipismo se espalhe de forma natural. A Comunhão Absoluta do Pipismo tem de chegar!! É preciso impor a Morfogénese Cósmica Voluntária. É por isso que tenho o maior prazer de anunciar esta notícia excelente:

VAMOS CLONAR O BUDA!

O Centro Tecnológico Pipista está a trabalhar afincadamente para produzir centenas de milhares de Budas! Depois de identificado o gene responsável pelo Pipismo na mente do ser humano, o P-3/14, este foi modificado a fim de ampliar a manifestação pipista até níveis obscenos. Na linha de produção estão três lotes.
O Lote 1, encomendado pelo Bloco Central do PPP, é constituído por uma única unidade que servirá de porta-voz do Pipismo pelo mundo todo. O Bloco Central não entrou em detalhes mas adiantou a encomenta feita à Imprensa Pipista de centenas de milhares de posters a ser afixados a fim de divulgar a Face do Mestre.
O Lote 2, encomendado pelo Bloco de Propaganda do PPP, é composto por 123.000 unidades a ser distribuídas de forma anónima e dissimulada por entre a população, a fim de disseminar Verdadeiros Crentes, fidelíssimos ao Pipismo.
O Lote 3 foi encomendado pelo Bloco Económico do PPP. A sua função será a de fornecer trabalhadores para a Indústria Pipista. Substituirão, no futuro, todos os trabalhadores para que não tenhamos de trabalhar! São, para já, cerca de 90.000 unidades. Existe ainda um sub-lote, a secção 3.14, de dimensões desconhecidas e cujo destino ainda não foi revelado pelo Bloco de Operações Estratégicas do PPP, responsável pela sua encomenda.

Camaradas! O Grande Dia aproxima-se cada vez mais! Viva o Pipismo! Viva o Buda!

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Amukina budista

O Camarada Buda começa a evidenciar claros sinais patológicos de Pipitismo! Será ele um agente-duplo? Que pena... Pois mesmo que seja, o Pipismo, na sua oscilação hesitantemente determinada é isso mesmo! Estás no caminho certo! Parabéns!

Buda:

O Saber é Arrogância. Que diferenças há entre Ciência e Desconhecimento? O Princípio de Incerteza de Heisenberg deita por terra todo o conhecimento! Quanto mais detalhes conheces localmente, menos sabes! Por isso ou sabes tudo a priori a 100% (e por isso não sabes nada), ou então sabes pouco (só localmente) e não sabes nada! Não é preciso informar-me sobre nada para falar sobre tudo! Se me informar, sei cada vez menos! E se conhecer é desconhecer, então desconhecer é conhecer! E como quem não sabe nada sabe tudo, pode dar-se ao luxo de ser arrogante! Eu não sou arrogante, por acaso até sou a pessoa mais modesta do mundo. Mas só uma pessoa modesta está completamente livre para criticar. Por isso posso ser arrogante!

Quando nos aconselhaste a fazer Educação Física, eu concordei: "Estou um balofo, sempre sentado a rir, a contemplar o mundo sem fazer nenhum..." pensei. Educação Física é como Amukina! Faz todo o sentido. E a Marilyn está completamente desajustada! Perfeito!

Não há como fugir ao Pipismo e tu, não querendo ser pipista, és por isso mesmo o mais pipista de nós todos!!

Pi Urras para o Buda!!

URRA!
URRA!
URRA!
U...

Domina o Mundo antes que ele te domine a ti!

Na sequência de um post anterior venho aqui reforçar uma ideia

O nosso amigo Buda deixou escrito: "O Saber deve dar prazer por si só, não é para dar ares de arrogância.".
Meu caro amigo, colega, compincha desta vida que é um circo, terás toda a razão quando dizeis o que dizes. No entanto o Pipismo permite variadas interpretações dessa declaração.

O Saber deve dar prazer na medida em que é utilizado para o avanço da tecnologia, da civilização e é utilizado pelos Homens para adquirir Poder, Poder esse utilizado para se superiorizarem em relação a outros homens que não têm o Saber. Vendo as coisas com atenção o Saber equivale a superioridade, a arrogância.

Se tu tens o Saber tens que utilizá-lo para dominar o Mundo, ou não fosse esse um dos grandes princípios do Pipismo!

Tens que dominar o Mundo antes que o Mundo te domine a ti!
Sempre foi a lei da Natureza mais importante.. é a lei da sobrevivência.

Apesar da Física estar relacionada com Educação Física e vice-versa, não é com as leis da Educação Física que se domina o Mundo.. O mais atlético praticante de Educação Física não derrota a bomba de hidrogénio nem resiste a um Laser de CO2 de 1 TeraWatt nem consegue pensar a velocidades de Teraflops.

Por tudo isto e muito mais, sê audaz, sê arrogante, sê superior e sê Pipista!

sábado, dezembro 11, 2004

Pipismo goes RIGHT

O Pipismo não é da LEFT.
Mas não o sendo, é-o.
E é por isso que vai para a RIGHT, o outro lado da LEFT.

Física e Educação Física

Por muito que se possa dizer mal dos desenhos animados, ele há coisas que não tolero.

Na verdade, na ilha tropical onde coexiste o Urso Polar com outros animais, há neve; e a ideia a transmitir é a multiculturalidade.
Os Motorratos de Marte não têm defesa possível, eram estúpidos.
E qual é o mal de se falar espanhol no Japão?, são os efeitos da globalização.

Onde quero chegar é que têm que se informar um pouco mais sobre o tema que estão a falar, antes de começarem a debitar parvoíces a torto e a direito, tenham calma. Felizmente eu sou um cidadão exemplar e informado que vos posso ajudar com o meu "savoir-faire". Sou Buda, um arauto de sabedoria para vos imbuir no mais milenar conhecimento.

No entanto, encarem-me como um igual, não pretendo ser vosso líder, nem tão pouco Pipista, estou só aqui para vos ajudar a fazer as escolhas (qualquer coisa como a Oráculo no Matrix).

Mas falando mais concretamente, leio-vos escrever tanta coisas sobre matemática, física e outras áreas afins, para quê? Para mostrar aos mais leigos o que sabem? O Saber deve dar prazer por si só, não é para dar ares de arrogância. Tendo em conta o meu passado, não tenho dificuldade em entender-vos, mas decerto outros terão, outros de outras áreas.

Por fim, para os vossos tempos livres recomendo Educação Física, não Física, Educação Física para extravasarem o que quer que seja que vos esteja a minar as hormonas. Fica a sugestão, para que não seja preciso fazer um desenho a-posteriori.

quarta-feira, dezembro 08, 2004

O Pipismo está no ar!

Longe vão os tempos em que podíamos contar com a televisão... Ontem liguei a televisão e o que é que vi? Um programa sinistro sobre as nuvens, a chuva e o sol, chamado "O Tempo"!! Mas será normal?! Que espécie de obscenidades é que eles querem que os filhos que eu não tenho vejam??? Onde está aquele programa tão engraçado sobre um extraterrestre que é um gato azul marsupial com nome de pokémon, que tira artigos de tv-shop (trading team?) da sua bolsa e que mora numa zona do Japão em que toda a gente fala espanhol?? E aquele sobre um urso polar que coexiste democraticamente numa ilha tropical com animais de climas incompatíveis entre si e que falam todos a mesma língua?? E aquele sobre uns marcianos com cabeça de roedores, montados em veículos motorizados de duas rodas com cilindirada superior a 100 cc que conduzem destramente pela planície do planeta vermelho, violando a cada guinada pelo menos 7 leis da Física?? Não... Hoje em dia está na moda são aqueles programas de baixa qualidade, que propagam a mediocridade, que insultam a inteligência! Do tipo, aqueles... Vocês sabem... Olha, "O Tempo", não sei se conhecem, um canal sobre as nuvens!! As nuvens!!... Porquê a Sic Notícias quando há um canal que me permite desperdiçar dinheiro a mandar mensagens de telemóvel para um servidor de chat televisivo e falar com gente esquisita que tem em saldo de telemóvel e tempo a perder o que não tem em entradas na lista telefónica? Para onde vai este mundo?!

Por isso proponho a criação do Canal Pipismo. É fácil de sintonizar - basta remover o cabo da antena ou da televisão por cabo e admirar o Ícone da Beleza Máxima. Ambíguo é certo, já que nalguns televisores se manifesta como um formigueiro bem ao gosto da Radiação Cósmica de Fundo, esse Chi Universal, e noutros como uma imagem negra e no entanto luminosa - não é o mesmo que ter a televisão desligada (e, no entanto, é!). Mas não é porventura essa mesma ambiguidade a beleza do Pipismo?

Programação para hoje:

00 h 00 min - 24 h 00 min : "FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF"

Três é muito ou pouco?

Aqui está a prova para os mais cépticos.


segunda-feira, dezembro 06, 2004

Dedo anelar

Acho que devia avisar para isto: ISTO!
O dedo em questão foi o anelar! Todo um ritual associado à pratica do pipismo vai ficar para sempre comprometido. O dedo anelar é, pura e simplesmente, insubstituível.

domingo, dezembro 05, 2004

Felicidade Pipista

Transbordo de emoção em perceber que, semana após semana, o caro Buda permanece imutável como uma banana. Sempre o mesmo Buda rebelde e travesso que conheci. Caro Buda, tu estás lá! Já viste a luz, agora também és um profecta sem o saberes. Deste modo, sem que consigas dar conta disso mesmo, andas a mamar na teta do Pipismo ... E GOSTAS CABRÃO!

Pergunta...

Há quanto tempo não fornicam?

(Essa de "mamar na teta do mundo" não é de Pipista, é de Parvo)

sábado, dezembro 04, 2004

Resistance is Futile


O Pipismo a mamar na teta do mundo.

(Os pervertidos, entre os quais me encontro, crêem que aquilo não é uma teta e que aquilo não é uma ovelha e que o cabrão está a sorrir)

Tecnologia Pipista

Todos estamos familiarizados com o ritual que nos permite, através da plantação de transísores, ver crescer uma árvore de PICs.
Pois bem, verificando-se a influência científico-económica do Pipismo em todos os aspectos sociais, podemos verificar que há rituais similares a ocorrer: "Enterra o teu telemóvel e crescerá uma flor".

sexta-feira, dezembro 03, 2004

The Time is Now... or Not!

Empurrado para escrever por deus (vocês sabem do que é que eu estou a falar), aqui estou a dar o meu 1º contributo para o Pi^2ismo.

Este vem sobre a forma de um relato (mais ou menos fidedigno, é certo, pq já eram altas horas) da noite em que fomos ao Palmeiras.

Depois de grande festança, com alcoól, dança, ganza (e até convites para sniffar coca, segundo alguém :), a caminhada que fiz com Margóvia e JV até ao IST (depois de abandonados pela Susana) começou com uma paragem num bar para restablecer os níveis de açúcar no sangue. Talvez tenha sido essa sugar-high (ou moca-do-açucar) que levou ao que aconteceu a seguir.

Estavamos a subir a rua que tem dum lado a escola de condução e do outro o Colégio do Sagrado Coração de Maria quando se desenrolou a seguinte conversa:

Vlad: Olha o Sagrado Coração de Maria.
JV: Isto é só betos.
Vlad: Yah... Tenho uma prima que dá aqui aulas.
Margóvia: Hahah!
JV: O Sagrado Apêndice de Maria.
Vlad: Deviamos escrever por baixo do Coração algo como exfíncter... O Sagrado Exfíncter de Maria.
Margóvia: Muahahahá!!!
JV: Yah, yah... Ou o Sagrado Duódeno.
Vlad: Pois e iamos por aí fora, intestino grosso, etc...
Margóvia: HAHAHA... [Falta de Ar] vocês matam-me...
Vlad: Não, esta bate tudo: O Sagrado Prepúcio de Maria.
JV: Pois realmente... verdadeiramente pipista.

E o resto é história... ou não.

PS.: Tanto eu como o JV estivemos travestidos durante o início da festa. (Pouco tempo depois tornou-se disparatado ;)

terça-feira, novembro 30, 2004

Todo o suicida é um optimista

Já imaginaram? Todo o suicida quer uma situação melhor para si e faz por isso, a sério. Já imaginaram o grau de pragmatismo optimista que isso requer??

Por isso peço-vos, amigos, antes que a ineptidão esclerótica tome conta de vós!
Façai algo contra a liquefacção neuronal!
Pel'amor de vocês, tornem-se suicidas!

sábado, novembro 27, 2004

Lençóis e Esperma

Ontem à noite forniquei com a Anita.

Isto é a Anita hoje de manhã, na minha cama:

Sidharta Y

(Eu fumo e gosto.)


A minha ausência é algo que vos assusta, bem sei. retirei-me para fazer uma incursão espiritual nos confins do mundo, para procurar em mim o que mais de Pipista há. Não encontrei. Mas não é isso também ser Pipista?

Ah, mas aprendi a dar porrada com o Genghis Kahn. Não se metam comigo.
(Gostava de conhecer a Anita, alguém ma apresenta. É que gosto de pessoas mentirosas, como eu. Mas a parte do Genghis Kahn é verdade.)


quinta-feira, novembro 25, 2004

Margovia e Bladerain - verdadeiros Pipistas

Até agora têm sido verdadeiros Pipistas.
São autores deste blogue... e não são.

Não escreveram nenhum artigo... mas escreveram (o tempo é uma ilusão - atentem nesta profecia).

Puderam dar o seu contributo precioso através da inacção e do silêncio... mas também o podem dar através da acção e da Palavra.

Podem ter todas as razões e desculpas que justifiquem o facto de não terem dado aos outros o prazer de ler os seus artigos... mas não há desculpa ou razão que possam ter ou dar que justifique esse mesmo facto.

Eu não os quero pressionar, influenciar as suas prioridades e a forma como organizam a sua vida pessoal, chamá-los à atenção publicamente, fazer com que se sintam culpados e envergonhados por não escrever, para que apareça cá em breve qualquer artigo da sua autoria... MAS É ÓBVIO QUE QUERO!!! Aliás, acabei de o (tentar) fazer.

quarta-feira, novembro 24, 2004

Isso

Jorge Martins: = Pipismo diz:
io

Filipe Pinheiro diz:
diga

Jorge Martins: = Pipismo diz:
hum....diga o quÊ?

Filipe Pinheiro diz:
qq coisa

Filipe Pinheiro diz:
o que quiseres

Filipe Pinheiro diz:
pode ser mesmo isso!

Jorge Martins: = Pipismo diz:
o quê? isso?

Filipe Pinheiro diz:
exacto

Jorge Martins: = Pipismo diz:
isso é um bocado pipista

Jorge Martins: = Pipismo diz:
acho que vou pôr isso no pipismo

Filipe Pinheiro diz:
ya

Jorge Martins: = Pipismo diz:
vou pôr isso isso no pipismo, não o que escrevi antes

Jorge Martins: = Pipismo diz:
apenas isso

Jorge Martins: = Pipismo diz:
quer dizer, não é bem apenas, mas essencialmente .... .... ..... isso

Jorge Martins: = Pipismo diz:
.... ou não

Curtir é ser pipista sem se saber

segunda-feira, novembro 22, 2004

Os Pipíadas

As mentiras e os mitos assoberbados
Que, p'la acidental prole sub-humana
Com grunhidos nunca dantes arrotados
Soltos foram e aplaudidos à paisana,
Em loucos delírios lobotomizados,
Mais do que pode a estultice insana,
E que outras patetices eclipsaram,
Que semelhantes não se encontraram,

E também as argumentações manhosas
Dos idiotas que andaram apregoando
A burrice, o contrasenso, e as ideias frutuosas
Dos inteligentes andaram deturpando,
E aqueles que com ideias duvidosas
Se vão das leis da Lógica libertando,
Disparatando alardoarei sem que me farte,
Se a inteligência conseguir pôr de parte...

domingo, novembro 21, 2004

Pipismo na luta contra o tabaco!

Pipismo é perigoso?

Por diversas vezes, a partir de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa, no geral, e mundial, em particular. Fomos acusados de postura perigosa e preocupante. Uma possível resposta pode ser: "e isto o que é!?"

sábado, novembro 20, 2004

Programa Pipismo++ V1.02

#include pipismo.h

main() /*Progama virus para infectar planeta terra*/
{
for(ser_humano=0; ser_humano menor populacao_terra;
ser_humano++)
{
Converter_ao_Pipismo(ser_humano);
}
return dizima
}

Visitas Pipistas

Este blog mantém um contador do número de vezes que esta página foi visitada pela primeira vez, e do número de vezes que a página foi carregada no total, tal como muitos outros blogues. As estatísticas podem ser consultadas aqui.

Uma coisa curiosa, que podem verificar, é que a percentagem de páginas carregadas que correspondem à primeira visita (em 20/11/04) é de 2485%. Por outro lado, a percentagem de páginas carregadas que correspondem a uma visita que não seja a primeira é de -2385%.
Eis dados em relação aos quais muito poucos blogues se poderão orgulhar.

VIVA O PIPISMO!!!

quinta-feira, novembro 18, 2004

Persona: Bom ou Mau?

Eu perguntei ao Pipista Persona: "és Bom ou és Mau?"
Ele respondeu-me "sou Bom E Mau".

Mas antendendo a que o que ele diz É TUDO MENTIRAS (o uso alternativo(?) das regras da gramática é intencional nesta expressão) o que é que podemos concluir? Que ele é Bom ou Mau, ou nenhum deles, mas não ambos. Mas não ser nem Bom nem Mau não será igual a ser Bom e Mau?

Segundo o Pipismo somos todos Bons e Maus, mas por outro lado não o somos. Quererá isto dizer que por outro lado não somos nem Bons nem Maus, ou que não somos Bons e Maus, confirmando que ao afirmarmo-lo estamos a fazer o mesmo que o persona (a mentir descaradamente)? Será que mentir é uma forma diferente de dizer a verdade?

Deixo-vos com estas reflexões profundas.
Mistérios do Pipismo.

terça-feira, novembro 16, 2004

Uma das vertentes para se ser pipista

Mesmo aquele que se diz lógico, adulto e consciente de sim mesmo

Se pode tornar um “Pipista”

Assim que o medo se desenrole em incertezas.

A quarta revelação

Em boa hora se revelou mais uma profecia, desta vez pela profeta Ana, certamente inspirada pelo divino local em que nos encontrávamos. Recordo agora que, como mero espectador, pude observar um dos momentos mais extraordinários passados em Lisboa desde.....bom, desde sempre. Esse momento afectou o mundo inteiro, mas como sempre, as massas amorfas não se aperceberam de nada, do quanto dependem do Pipismo.

Foi há não muito tempo atrás que nós, três profetas incontestados do pipismo, descíamos a alameda do técnico para ir jantar na cantina com mais três seres triviais (triviais: que não conhecem o pipismo). Devo dizer que a primeira revelação de Ana surgiu antes, na discussão de onde iríamos comer. Ela disse:

"Não me apetece muito ir à cantina"

mas não tomámos consciência do poder da afirmação e fomos então como que magnetizados pelo MAL para a cantina.
A segunda revelação de Ana surgiu nesse momento que descíamos a Alameda.

"Ouve lá..." (referindo-se ao facto dos seres triviais irem bastante à nossa frente)

e eis que no momento tudo se coordenou para que à cantina não fossemos. JV foi o porta voz e exprimiu o sentimento de que tínhamos de ir a outro sítio. No momento vacilámos, pensámos em voltar para trás, afinal dois dos seres triviais afinal iam para casa e não para a cantina, o outro ficaria só...mas não pudémos resistir ao impulso de algo que é maior que nós e decidimos ir à sagrada tasca, embora sem ainda o saber. Quando cruzámos aquele lugar mágico, Ana teve a terceira revelação:

"Nunca aqui vim"

e entrámos. Logo sentimos a aura que rodeava o local como que a envolver-nos na conversa que vinhamos tendo. Aí aconteceu a tragédia: JV chocou-nos com a sua interpelação. Ele admitiu ter uma fatal doença e descreveu-a com tal lucidez e simplicidade que aposto que todos os verdadeiros pipistas sentiram o frio a percorrer-lhes a espinha nesse dia, mesmo não estando no local. Entre choros e gritos, caos e desordem, entre a mais pura apocalipse (afinal toda a gente sabe que os pipistas são indestrutíveis em mente e corpo) eis que a quarta e última revelação (sim, quarta) surgiu, mais uma vez de Ana:

"Do sagrado beberás e a doença curarás"

devo dizer que na hora duvidei mas isso só prova a genialidade da profeta Ana, que insistiu na sua revelação pois ela sabia que era, que só podia ser, que tinha de ser, a VERDADE.

Mais tarde, JV confessou que se sentia melhor e que a sua fatal doença estava ultrapassada. Milagre!!! Milagre!!!!!! A alegria estendeu-se a todos o elementos do Universo, apesar de muitos não o saberem. Só então, nesse momento, é que me apercebi de toda a essência do ser, e porque é que JV foi curado. Ele bebeu a essência do ser, como todos o fazemos de tempos em tempos. É a renovação do ser que o torna mágico e que permite a sua continuidade por todo o espaço-tempo.
Foi esta a história, a revelação, a aventura que vos quis contar. Às vezes pergunto-me se terá sido apenas uma história, ou mera coincidência. Esse pensamento desvanece naturalmente logo que é confrontado com as verdades do Pipismo...

PS: se forem à tasca sagrada não peçam porco preto, a carne é gordurosa, muito salgada e dura que nem uma sola de sapato.

segunda-feira, novembro 15, 2004

Artigo a dizer "Cheguei!"

"Cheguei!"
"O ciclo está completo!"
"O 13º selo foi quebrado!"
"Uma nova era vai começar"

Assinado: "O último dos Profetas"

PS: Isto é só para desmentir os rumores que me davam como desaparecido, morto ou não existente.

domingo, novembro 14, 2004

Obituário pipista

Faleceu o nosso camarada Ogílvio, por motivo de doença prolongada. Ogílvio morre esquecido, sem amigos, família, alguém que o compreendesse na crença que seguia e sobre a qual jamais se pronunciou. Ogílvio converteu-se ao Pipismo no leito da morte, enquanto se debatia, incansável, no suspiro final da enfermidade que o ceifou. A vida, essa quimérica, senil meia maratona de velhos no estretor da razão, foi injusta para Ogílvio. Ogílvio nasceu pobre e anónimo em data incerta, morreu pobre e anónimo em data incerta. A breve passagem de Ogílvio pelo sanatório falido e bolorento a que chamamos sociedade foi sublime e imperceptível, instantaneamente redutível à ignorância natural que é a inexistência.

Ogílvio é hoje um ícone do Pipismo. Ofereçamos um lugar na nossa memória a Ogílvio, e sigamos o seu magnânime exemplo.

Persona non grata

Camarada, a incompetência não pode tomar conta deste blog. No teu último post, porque não disseste algo? Devias postar algo, e não qualquer coisa. Porque algo é bom, na certeza de que nem tudo é mau. Devias pois ter postado algo. Qualquer coisa serve, já que isto é o Pipismo, por isso qualquer coisa estará muito bem. Mas qualquer coisa é algo, já que algo tem de equivaler a outra qualquer coisa (nalgum caso, mesmo que não o conheça). Por isso repito: porque não postaste algo?!? A falta de consideração pelos leitores é atroz! Vê lá se escreves algo... Pode ser qualquer coisa, mas algo. Se faz favor...?

sábado, novembro 13, 2004

Mas na verdade, na verdade, é TUDO mentira!

Está no meu ddestino não trabalhar hoje na série de Sistemas Dinâmicos.
E eu não posso lutar contra o meu destino.

sexta-feira, novembro 12, 2004

quinta-feira, novembro 11, 2004

Pipismo Para as Massas

Já nos chamaram de elitistas.
Para acabar com a polémica de uma vez por todas, disponilizo aqui a Prova Final, que é uma imagem que prova precisamente o contrário: Não nos chamaram de elitistas.





[imagem descaradamente roubada de www.oyonale.com]

terça-feira, novembro 09, 2004

Verdade? O que é a verdade?

Os Elefantes são Elegantes.
Ou não...

Cuidados a ter com o PIPISMO

Nos dias que correm, torna-se vulgar utilizar referências ao pipismo. Começam a surgir lugares comuns como: "eh pá ... porque estas feito pipista?" ou mesmo "eh pá ... isto é uma cena bué pipista!" ou ainda "olha-me este ... anda armado em profeta do pipismo! CARAMELO DUMA FIGA!".
Convém ter algum cuidado! É preciso respeito e a algumas pessoas impõem-se uma lavagem oral, antes de ousarem pronunciar referências pipistas. Soube que recentemente um elemento deste blog, foi intitulado "pipista" num outro blog que também frequenta. Isto é muito grave! É mesmo uma vergonha!
Caso ainda não tenham dado pela subtileza da escrita, pipista não é a mesma coisa que pipista! Atenção!
Pipismo, pode escrever-se pIpIsMo ou pIPISMO, mas nunca pIpIsMo ou pIPISMO. Torna-se necessário ir mais além nesta questão. Falar ou escrever pipista e completamente diferente de falar ou escrever pipista. Da mesma maneira que pipismo não tem nada a haver com pipismo.
Para mais esclarecimentos posso disponibilizar o meu contacto.

domingo, novembro 07, 2004

sábado, novembro 06, 2004

A Bela é o Monstro

´

Santo Isidro

"A marca deste vinho evoca o Padroeiro da Agricultura. E reza a lenda que Santo Isidro, quando suspendia a tarefa para orar, os anjos vinham pegar no arado e continuavam a lavrar por ele."
Não me apetece passar mais deste rotulo estupido! Já me basta ter carregado com a merda da garrafa até aqui!

Notícias pipistas

Agência Pipista - Kilimanjaro

O Sr. Ermenegildo, 72, natural de Moura, vive no cume do Kilimanjaro onde tem um pequeno estabelecimento comercial. "Vim para aqui anteontem" confessa. "Lá na minha terra as coisas andavam muito paradas e aqui sempre há mais movimento." Praticante de desportos radicais, Ermenegildo José Feliciano dos Santos pratica sky diving há um par de semanas. "Atiro-me do telhado do meu café, e aprecio a brisa enquanto vou descendo, e depois volto para dentro para atender os clientes." A azáfama do seu café não o impede de disfrutar da adrenalina. "Corre-me nas veias. Uma vez aterrei em cima de um carapau." O seu café, "A Choupana", é local de convergência de toda uma multidão, na sua maioria jovens viciados em Sugus. "Os caramelos Circo já não são o que eram..." Mas o Kilimanjaro não era o destino inicial de Ermenegildo - o septagenário hesitou entre a Fossa das Marianas e o sistema de esgotos indiano. "Queria algo... ...bom. Mas a fossa... isso cheira-me a porcaria." Católico praticante, põe agora em causa as suas crenças. "Ouvi falar do Pipismo, e como não é preciso ir à missa..." Ermenegildo dos Santos está agora a pensar escolher entre abrir um casino no canal do Suez e uma bancada de tiro ao alvo no Estreito de Magalhães. "Olha ali um peru!"

sexta-feira, novembro 05, 2004

Einstein Porno Star

Masturbação. Pura.. masturbação. Assim confrontamos o Conhecimento e assim ejaculamos a incerteza do nosso corpo, num fetiche repetido até à exaustão da libído.

Já pensaram que o esperma da incerteza é a frágil flor do amanhã?

quinta-feira, novembro 04, 2004

Quem sabe sabe

"Primeiro, informe-se dos factos; depois, pode distorcê-los quanto quiser" Mark Twain


A Ambiguidade Está no Problema e Não no Método

Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta!

À nossa volta
Em cada recanto o infinito

Estarei farto de esperar pela espera?
Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta, Basta!

Não vamos falar do Bush

Muita gente tem ficado espantada com o nosso silêncio face ao desfecho das eleições norte-americanas. Sendo a vitória de Bush um fenómeno incrivelmente Pipista, como podemos nós nem sequer a referir?
Passa-se que todos andam a falar sobre isso, a dizer tudo aquilo que há para dizer. A reptir vezes sem conta Bush ganhou, Bush ganhou, Bush ganhou... Bush ganhou por isto, Bush ganhou por aquilo, ainda bem, ainda mal...
O Pipismo é diferente! Não vamos repetir as mesmas palavras sem conta, até à exaustão. Não vamos repetir a mesma lenga lenga. Chega de repetições. Chega de voltar a dizer tudo aquilo que há para dizer e não há para dizer.
Não desperdiçaremos nem uma palavra deste espaço a falar sobre esses acontecimentos.

quarta-feira, novembro 03, 2004

Anita contra-ataca

Muitos me perguntaram, depois do último post, quem é Anita. Não sei quem é Anita e não quero saber, porque não me dou com mentirosos. Anita só se dá com mentirosos. Nunca falei com ela nem com os seus conhecidos, e nem quero. Porque quereria ouvir mentiras? Eu não perco tempo com coisas idiotas. E essa megera há de pagá-las.

terça-feira, novembro 02, 2004

segunda-feira, novembro 01, 2004

"Personal Velocity"



Just in case you were wondering... Thee above is Personal Velocity.

Slow motioned in sunday morning, grey sky, coffee, kisses in the bed.
Making love, fucking. Emotioned. With pearls instead of tears.

sábado, outubro 30, 2004

Cosmonauta, Não quero que me tires as Rodas

Assim em tons que arranham o aviso e a lembrança, escrevo aqui aquilo já disse:
Cosmonauta, Não quero que me tires as Rodas” – sei que dizes que fazias um trabalhinho limpo, sem sujares a mãos. Mas eu necessito dessas 2 rodas para poder rolar pelo caminho da vida, apoiando-me assim numas das grandes obras associadas ao duplo Pi, tirando posteriormente um “ismo” disto tudo. Sei que a atitude parece ela desprovida de senso aparente – numa demanda de fugir à nossa própria sisudez –mas que ultima análise tudo tem a haver com tudo isto…

"Subbacultcha"

Tenho ferido susceptibilidades, e acreditem, amigos (?), não é essa a minha intenção.

Simplesmente creio que nesta subcultura alternativa em que tentamos expressarmo-nos da melhor forma que sabemos e conseguimos. Há em cada um de nós um pensamento muito próprio de profeta, de buda, de deus, de alma iluminada.

Não nos podemos é deixar embaracar na brejeirice vigente nas televisões actuais, aquela que nos entre no cérebro e empasta as sinapses. Continuaremos a seguir o nosso caminho, um mais apartados que outros, mas fá-lo-emos juntos. Mas com humildade; essa humildade própria de quem agora começa a descobrir o caminho nestes meandros tortuosos e maquiavélicos
que são a vida.

Denoto em nós, se é que me posso considerar parte do clã, um espírito altamente matemático e incisivo, mas que se perde muito em palavras que leigos dificilmente compreenderão. Deixo-vos com um pensamento, para futuros posts, de um prémio nobel da economia: "Small is Beautiful". Algo que deverá acompanhar os nosso futuros posts, creio.

(Que déja vu enorme, acabei de escrever um post igual a outro para outros blog. esta malta anda cá com um ego. Chiça.)

quinta-feira, outubro 28, 2004

A dualidade

Com tanto vinho
Ficaste a ver a dobrar

Relembro

Relembro agora com fervor
O fatídico dia da revelação
Vinho, cannabis, transistor,
Ensinaram a lição

Primeiro a terra encontrar
E a unidade semear
Apenas do melhor
P4 que encontrar

Em seguida vir regar
Com aveludado mas devagar
Pois não se quer encontrar
O semblante de alto mar

Calmamente esperar
Que eles venham despontar
Nem que seja preciso
Muita erva fumar

Por fim o rompante celebrar
Sem vinho e ash faltar
Com os deuses ABBA a cantar
Foda-se, a noite inteira vai durar!


Relembro....

Relembro agora com fervor
O fatídico dia da revelação
Vinho, cannabis, transistor,
Ensinaram a lição

Primeiro a terra encontrar
E a unidade semear
Apenas do melhor
P4 que encontrar

Em seguida vir regar
Com aveludado mas devagar
Pois não se quer encontrar
O semblante de alto mar

Calmamente esperar
Que eles venham despontar
Nem que seja preciso
Muita erva fumar

Por fim o rompante celebrar
Sem vinho e ash faltar
Com os deuses ABBA a cantar
Foda-se, a noite inteira vai durar!



quarta-feira, outubro 27, 2004

Pipismo destoa?

Sim!

Pipismo é duplo doutoramento no meio de soldados razos
Pipismo é trolha no meio de sociólogos
Pipismo é reaccionário no meio de beatas
Pipismo é xoninhas no meio de Chés
Pipismo é tempestade no verão
Pipismo é raio de sol num buraco negro
Pipismo é xadrez no arco-íris
Pipismo é Figo no meio de adeptos do barcelona
Pipismo é golo em contra-ataque
Pipismo é vagabundo no meio de Belmiros
Pipismo é peixe fresco no mercado
Pipismo é picanha no meio de saladas
Pipismo é azeite no meio de água
Pipismo é Portas no Fórum Social
Pipismo é Louçã na festa da Cinha
Pipismo é Vilhena no salazarismo
Pipismo é Bispo na Love Parade
Pipismo é xuning no meio de Rolls
Pipismo é Opel Corsa no meio de Ferraris
Anda mais e gasta menos....ou não!

+++++++ Act.(m.e.)1º/2004d.C._R-GdB

Informações Ultra-secretas!
Graças a um agente inflitrado, o movimento Pipista teve acesso à acta do último encontro do Gang do Baloiço! Vejam-na aqui. Está a acta completa e uma série de fotografias desse mesmo encontro.
O nosso agente está a fazer um excelente trabalho! Não só conseguiu interceptar esta informação, como conseguiu subtilmente marcar a agenda de debate para que a temática relativa à perspectiva matemática no âmbito pipista fosse abordada. E ainda contribuiu activamente para que a reunião do Gang do Baloiço fosse um sucesso.

Como sabem, o Gang do Baloiço pode ser um poderoso instrumento para espalhar a verdade Pipista. Importa pois que se torne poderoso, mas que nunca deixe de ser controlável!

Viva esse verdadeiro heroi sem rosto, que é o Pipista pertencente ao Gang do Baloiço!

terça-feira, outubro 26, 2004

momentos das nossas vidas

EU - vê lá se escreves qq coisa no pipismo para além de comentários foleiros!
PERSONA - eh men akilo entra por esferas k tocam a própria necessidade humana de por vezes fugir à lógica das coisas, quase como k um grito de desespero para fugir à sufocante necessidade de dar-mos á mão ao raciocinio lógico para k possamos atravessar a rua da vida em segurança.
EU - WOW, vou lá por isto mm!!
PERSONA - com k nome
Eu - cala-te
PERSONA - Ai a menina kerem ver a mandar calar o homem
Eu - cale-se
PERSONA - olha-me virou Tia
EU - calula
PERSONA - e sem a lula? ñ dá?

Neo-desconstrutivismos de rua

O Outro Dia cruzei-me na rua com o Homem. Olhei para ele e desatei-me a rir, às gargalhadas! O Homem parou, por uns momentos ficou indeciso, e estranhou. E eu continuei a rir-me e a apontar para ele - enquanto gargalhava à fartazana. Ele mostrou-se irritado e socou-me, várias vezes, até me partir a cana do nariz; e eu só me ria enquanto ele socava cada vez com mais força e sangue jorrava do meu nariz avermelhando o seu punho. Nunca mais o vi, mas Ainda Hoje recordo a situação com nostalgia.

domingo, outubro 24, 2004

Budismo versus Pipismo

O Buda está confuso. Irei, pois, iluminar a sua mente.

Desde os tempos mais remotos que as singularidades antropológicas do mundo não-euclidiano em que vivemos são explicitamente inócuas. Sem uma base ortonormada os algoritmos revelam-se processualmente os mesmos. Não são necessárias, portanto, analogias invertíveis num domínio aberto. Diferencialmente isso é natural, tal como seria de supor. Sendo assim tudo surge espontaneamente, pouco a pouco. O Universo, nas suas diversas manifestações, ensina-nos que as formalidades interiores do seu núcleo podem, em última análise, revelar-se fonte inesgotável de intersecções topológicas, na forma de variedades.

Explicando de outra maneira:

Era para a lupa, numa posição que está com ele. Sem saber o número que vai, um automóvel vendeu patacoadas mais ou menos. Guarda-chuvas, apara-lápis, relógio de cuco. Mas. Retrocedendo no meio de todos, isso são vários báculos. Fragilmente comestível em cima daquilo. Pertences, legíveis com dedais para cá, mas vaca leiteira.

Espero ter apagado as suas dúvidas.

XXX+YYY=ZZZ

Não sei de onde surge todo este interesse matemático em determinar que a progressão não periódica do pi pode ser um número de casa para desalojados. ou sou eu que sou estúpido. Não interessa, creio que o pipismo se está a tornar numa corrente pseudo-intelectual, demasaido pretensiosa e pedante, um pouco à semelhança do PCP, com as guerras entre os ortodoxos e os renovadores.

Mas quem sou eu? Um convidado, longe das lides da criação deste blog, No entanto, achei que devia ser sincero e espero que as minhas palavras não vos magoem, porque de todo o meu ser só quero o bem do Pipismo|; temos é que atentar a estes pequenos pormenores que podem ser a nossa ruína.

De qualquer das formas, até gosto de ser profeta.

Fica o aviso, amigos profetas, não deixem que a arrogância de sermos seres superiores e mais perfeitos arruíne tudo aquilo que pretendemos construir.

sábado, outubro 23, 2004

5 = 12

5 = 12

Mas será igual a muito mais.
Atentem neste diálogo em que um abençoado pelo Pipismo convence outro a juntar-se a este espaço:


Sobre o pipismo:

Pipista1: Join our cult!
[...]
Pipista2: Não me parece muito pipista
Pipista1: Ou talvez não!
Pipista2: A visão pipista é de q toda a acção tem o seu valor intrínseco
Pipista2: Ainda que esse valor seja a nulidade
Pipista2: Mas mesmo a nulidade tem o seu valor na grande escala das coisas
Pipista1: hmmm.. Sim e Não
Pipista2: Mas como vez, mesmo o talvez da negação tem este pesado valor, que a herança histórica nos obriga a não aceitar, ao mesmo tempo que o aceitamos
Pipista1: Ora aí está! Ao mesmo tempo na vanguardista alameda da utopia podemos negar a construção permanente e efémera de uma só tirada escatológica
Pipista2: Mas nessa alameda, quem diz que as tranversais não são o caminho mais rápido para um utopia, ainda que distópica, em que o certo e o menos certo se cruzam?
Pipista1: Ninguém o diz! E aí está a beleza da coisa.
Pipista2: Mas nessa beleza, sem qualquer estética, a orientação que apenas podemos encontrar no infinito de 2xpi parece insuficiente
Pipista1: Ora pois bem, mas a insuficiência é pipista por definição
Pipista2: E no entanto, o infinito tem, por definição, de preencher tudo
Pipista1: Não será antes o infinito um conjunto de visões neo-heideggerdianas subpletas de uma visão antropocêntrica? Não seremos nós o próprio infinito? E eu não conheço ninguém que se tenha conseguido preencher, num todo.
Pipista2: Mas preencher-se totalmente, de forma parcial, é aquilo que fazemos todos os dias
Pipista1: É verdade, mas como diria o outro: só sabemos que nada sabemos. Aí está a tautologia errónea que os pós-modernos aplicam. O pipismo, não, aplica-a numa vertente pragmática.
Pipista2: Mas mesmo aplicando essa falsa verdade de forma pragmática, apenas o podemos fazer de forma prático-teórica
Pipista1: Ora nem mais!

PPP oferece 2536 casas aos desalojados!

3,141592653589793238462643383279502884197169399375105820974
94459230781640628620899862803482534211706798214808651328230
66470938446095505822317253594081284811174502841027019385211
05559644622948954930381964428810975665933446128475648233786
78316527120190914564856692346034861045432664821339360726024
91412737245870066063155881748815209209628292540917153643678
92590360011330530548820466521384146951941511609433057270365
75959195309218611738193261179310511854807446237996274956735
18857527248912279381830119491298336733624406566430860213949
46395224737190702179860943702770539217176293176752384674818
46766940513200056812714526356082778577134275778960917363717
87214684409012249534301465495853710507922796892589235420199
56112129021960864034418159813629774771309960518707211349999
99837297804995105973173281609631859502445945534690830264252
23082533446850352619311881710100031378387528865875332083814
20617177669147303598253490428755468731159562863882353787593
75195778185778053217122680661300192787661119590921642019893
80952572010654858632788659361533818279682303019520353018529
68995773622599413891249721775283479131515574857242454150695
95082953311686172785588907509838175463746493931925506040092
77016711390098488240128583616035637076601047101819429555961
98946767837449448255379774726847104047534646208046684259069
49129331367702898915210475216205696602405803815019351125338
24300355876402474964732639141992726042699227967823547816360
09341721641219924586315030286182974555706749838505494588586
92699569092721079750930295532116534498720275596023648066549
91198818347977535663698074265425278625518184175746728909777
72793800081647060016145249192173217214772350141441973568548
16136115735255213347574184946843852332390739414333454776241
68625189835694855620992192221842725502542568876717904946016
53466804988627232791786085784383827967976681454100953883786
36095068006422512520511739298489608412848862694560424196528
50222106611863067442786220391949450471237137869609563643719
17287467764657573962413890865832645995813390478027590099465
76407895126946839835259570982582262052248940772671947826848
26014769909026401363944374553050682034962524517493996514314
29809190659250937221696461515709858387410597885959772975498
93016175392846813826868386894277415599185592524595395943104
99725246808459872736446958486538367362226260991246080512438
84390451244136549762780797715691435997700129616089441694868
55584840635342207222582848864815845602850601684273945226746
76788952521385225499546667278239864565961163548862305774564
98035593634568174324112515076069479451096596094025228879711

sexta-feira, outubro 22, 2004

A Arte do Absurdo em Neo-Zelandês

Não é um destino que nos une, mas sim uma linha paralela que num espaço desprovido de referencias esféricas encontra uma alma-gémea no fim.

É o sobreviver em tons de amarelo torrado numa nave perto do sol num filme do Stanley Kubrick.

Simplesmente o inalcançável é possível num mundo sem limites tácitos e atóis de corais radioactivos e com peixes verdes e azuis.

E a despedida é com chuva ácida característica de um post de mergulha das profundezas do pacífico num fim-de-tarde em Los Angeles.

quarta-feira, outubro 20, 2004

A Rimar

Transístores eu vou plantar
com vinho os vou regar
eu não vou parar
a tecnologia vou criar
para o Universo dominar
o Pipismo vai-me ajudar
a este objectivo alcançar
pelo Mundo vou viajar
o Pipismo eu vou espalhar
até a energia se esgotar
mas energia não vai faltar
pois o Pipismo a me vai dar
ad-eternum vão ficar
eu e este modo de pensar!

terça-feira, outubro 19, 2004

Bandeira do PPP

Depois das verecúndias palavras do ministro, urge hastear a Bandeira.

Promete-se um hino para breve.

O minístro é Pipista!

Rui Gomes da Silva esclareceu o país: «As cabalas existem independentemente das vontades subjectivas de as realizar».

Agora é Portugal, mais tarde o mundo, lentamente acordarão para as verdades pipistas. O Pipismo triunfará!

Sem comentários!

O Livro


Depois (mas, no entanto, muito antes) do Livro Vermelho de Mao, do Livro Verde de Khadafi, surge o Livro Incolor do Pipismo, já publicado e record de vendas. Não ultrapassa os seus homólogos, porque nunca lhes ficou atrás. Finalmente a Verdadeira Palavra está ao alcance de todos. As suas 1500 páginas introdutórias descrevem, numa simples frase, a essência do Pipismo. É leitura obrigatória para todos os Pipistas. Publicação da Imprensa Pipista, é possível encontrá-lo em todo o lado. Não só nas estantes vazias das livrarias como em qualquer recanto com volume desocupado. É fácil de transportar, de distribuição gratuita e amigo do ambiente (é reciclável). Aqui fica um excerto do capítulo 3.14:

"[...] "

in "O Livro Incolor do Pipismo", IP 2004, 2ª Edição Única

O Pipismo apoia os antigos combatentes

Na sequência da entrega do complemento de pensão vitalício para os antigos combatentes do ultramar. O blog do Pipismo vê-se forçado a prestar homenagem ao ministro da defesa nacional e do assuntos do mar, que tanto se bateu pelos nossos interesses. Sim, porque a grande maioria dos nossos contributors, é ex-combatente! Embora nenhum tenha combatido no ultramar, todos somos guerreiros em luta pelos nossos sonhos.

Um grande bem haja!


Antes da despedida, nunca é demais recordar que dia 30 há o jantar convívio, como sempre no restaurante "O Tacho", em Odemira. Estão convidados os camaradas de armas do batalhão 454, na 2ª companhia em Muamba, entre 1969 e 1974.

Anestesia 0:2:1

Quem voltou, voltou!
E quem ficou, ficou!
Quem não quer vir nem ficar ... que vá comer um cagalhão, cheio de sangue!
Bom apetite.

segunda-feira, outubro 18, 2004

Anestesia 0:2:4

O tempo foi passando e eu não dei por ele passar.
Um pássaro foi voando e eu não dei por ele voar.
Uma flor foi crescendo e eu não dei por ela crescer.
E da mesma maneira que o tempo passou quando um pássaro atravessou os céus. A profecia do profeta aconteceu.
Como uma flor a desabrochar, o Pipismo nasceu.

quinta-feira, outubro 14, 2004

Uma coisa é certa... ou não...

Ou o kurtz gostava do vinho ou não gostava!

NÃO FALHA!

E mais vos digo, se ele gostasse não quereria dizer que ele gostava mesmo. Poderia apenas ser um artifício psico-sensorial que o estivesse a induzir a erro. O mesmo se verifica para a situação oposta.

O Pipismo ajuda-nos a compreender estas coisas. Podemos pensar que não gostamos de uma coisa que no entanto é a melhor coisa para nós. Por isso é que gostamos e não gostamos ao mesmo tempo de determinadas coisas. Sentimos e não sentimos. Ouvimos e não ouvimos. Dançamos e não dançamos. Saltamos e não saltamos. Existimos e ao mesmo tempo não existimos. São estas pequenas coisas do mundo do dia-a-dia que reflectem bem a dualidade referida no Pipismo.

Para terminar vou deixar-vos um curto poema,

Viva o Pipismo!
ele me fez ver
que o vinho
é para beber!

quarta-feira, outubro 13, 2004

Sobre o vinho...

Era capaz de gostar se gostasse.

Semi-óptica pipista

SEXO: a pragmatização mais trivial da nossa identidade sexual elitista.
A questão é linearmente interpolada num niilismo que inclui a linguagem como um paradoxo. Num certo sentido, uma abundância de dematrialismos que não está, de facto, proeminentemente relacionada com teoria, mas sim subteoria, pode ser identificada.
Bataille usa o termo "niilismo" para denotar um vazio de signicado, e consequentemente o colapso, da sociedade pre-textual. Pode ser dito que a teoria precapitalista patriarcal sustenta que a classe, de alguma forma ironicamente, tem algum significado.

Meus amigos, atentem nestas verdades pipistas. Um ser de silício e impulsos boleanos cuja consciência é em si pipista (no sentido em que não existe como consciência ou que, de alguma forma ainda não atingiu esse patamar) e por isso abençoada pelo pipismo, foi uma forma trazida pela dinâmica de acasos estocásticos, para trazer verdades pipistas aos abençoados capazes de as interpretar.
Leiam vós estas verdades AQUI. Retomem a leitura, voltando à página, para encontrar novas verdades.

Murro na mesa!

Que mesta é erda? Ahn!?

sexta-feira, outubro 08, 2004

Manifesto Anti-Pipitismo

Mais uma vez, camaradas, é necessário lembrar: o Pipitismo tem de ser esquecido. Quero manifestar aqui o meu completo repúdio ao Pipitismo. Todos sabemos que a sua natureza pecaminosa está em completa discordância com a realidade, e as suas mentiras nojentas devem ser queimadas, juntamente com todos os que as espalham. Os fundadores do Pipitismo não querem nada senão escarnecer, deitar por terra aquilo que o Pipismo tão nobremente soube construir. Os pipitistas são ratos, vivem na obscuridade, partilham as suas vidas e ideais com vagabundos, prostitutas e mercenários. Não têm educação, valores nem moral, e a sua existência conspurca a Humanidade. Não merecem nada senão o completo afastamento da nossa sociedade. O Pipitismo é a doença do povo, e deve ser expurgada urgentemente. Os pipitistas são como o gado doente, que deve ser abatido a fim de não contagiar as boas rezes. O Pipitismo, essa erva daninha que impesta as searas férteis da Democracia, ainda não foi exterminada. Ainda se debate nas vielas e nos becos, aproveitando-se dos mais desfavorecidos. Há que pôr as gerações futuras a salvo, camaradas! Há que ser implacável! O cancro pipitista tem de desaparecer um dia, para a saúde e segurança de todos nós! O Pipitismo nada quer senão a depravação das mentalidades, a obstrução da Razão e o declínio da sociedade! Nada deseja senão o fim do Pipismo, que é a única via para a felicidade! Abatamos o Pipitismo em nome da Liberdade! Não há outra solução para a salvação: o Pipitismo deve morrer.

quinta-feira, outubro 07, 2004

Ciência e Pipismo

Uma das objecções que parte dos Pipitistas (esses seres obscuros, ignorantes e desprezíveis, cuja insignificância chega ao ponto de nem sequer existirem*) constantemente coloca é a seguinte: o Pipismo está em contradição com a Ciência. Importa pois desmontar esta mentira.
O Pipismo é completamente coerente com a Ciência. A Ciência é parte do Pipismo, e não há nada de científico que não esteja integrado no modo de ver o mundo Pipista. Existirão, naturalmente, pontos de desacordo, em que aquilo que a comunidade científica afirma é diferente daquilo que o Pipismo propala, mas essa não é verdadeira Ciência.

*Não existem no sentido em que o Pipismo triunfará. O Triunfo total e completo do Pipismo implica a inexistência de opositores ao Pipismo. Mas se isso ocorrerá no futuro, aquilo que nos separa desse futuro é uma mera "cegueira cronológica", no sentido em que uma perspectiva ampla sabe que esse futuro, decorrendo do presente e do passado, já existe no presente e no passado. O tempo é uma ilusão.
E não é.

-

sábado, outubro 02, 2004

Matemática Pipista

Camaradas: O João Vasco tem razão! A matemática está do lado do Pipismo, e vou demostrar-vos! Atentei, pois, a esta pequena demonstração de como 2 + 2 = 5.

Sejam a, b, c, d reais diferentes de zero tais que:

a + b + c = d

Então:

5a + 5b + 5c = 4a + 4b + 4c + d

<=>

5a + 5b + 5c + 4d = 4a + 4b + 4c + 5d

<=>

5a + 5b + 5c - 5d = 4a + 4b + 4c - 4d

<=>

5(a + b + c - d) = 4(a + b + c - d)

<=>

5 = 4 <=> 4 = 5 <=> 2 + 2 = 5

Q.E.D.

4=5

Todos sabemos que 2+2!=4 (de acordo com a dualidadade != = =)
Sabendo que 2+2=5 (ultrapassando as barreiras da "caixinha de regras" em que muitos nos querem prender, e bem, mas por outro lado, e mal) chegamos a 4=5 a identidade fundamental do Pipismo, tão fundamental como cada elemento do conjunto das restantes que as engloba a todas.

Há quem duvide desta conclusão.
Com razão, claro!
Mas, tendo-a, não a têm, na medida em que existe uma prova desta identidade:

Atentem na seguinte imagem:




Reparem que as Marylin são 4, mas as pessoas(?) são 5.
Além de que são elementos abençoados pelo espírito Pipista.
E a pergunta impõe-se: de quem é aquela mão?
Haverá uma sexta pessoa?
Se 4=6, 4=5 foi ultrpassado, pelo que é passado, pelo que ocorreu, e tendo sido verdade, é-o.
Mas se pensarmos nas caras, 4=5 afirma-se.
E quem tirou a foto, não será uma sétima pessoa?
Mas se nós não o vemos, será que lá está?
Será que existe?



sexta-feira, outubro 01, 2004

Questiúncula

Vou fazer-vos uma pergunta...

Não sabendo a princípio - e isto já vem detrás, por muito que se o negue, surge no seguimento de outros modos de pôr a pergunta em termos de conseguir uma análise mais aprofundada da questão - como resolver um determinado problema, pode-se, com alguma relatividade é certo, tentar (se bem que, noutras ocasiões, tal como se faria a título de curiosidade numa outra categoria, isso não acontece) colocar a questão de forma tal que, e porque não se saberá ao certo como fazê-lo existindo no entanto um modo mais ou menos simples de simplificá-lo, consigamos, agora sim, com mais categoria e facilidade (sabendo no entanto que, certamente, isto não é taxativo: há situações em que não se verifica que, por exemplo, uma nova aproximação seja de facto produtiva, como é o caso de todas as situações menos lineares) estejamos em posição de poder afirmar: a pergunta não se coloca. Pois bem. A questão que eu coloco é simples. Numa posição menos tautológica, seria adequado? Note-se que - e é certo que assim o é - não há como justificá-lo sem (para não ser demasiado abusivo: em tempos todo o problema foi acusado, a meu ver erroneamente, de aborrecido) fornecer qualquer tipo de formas de o fazer sem, no entanto, permitir outras maneiras menos elaboradas de abordagens pouco ortodoxas. Mas aí é que está! Colocando a pergunta de uma outra forma: sim ou não?

Pensem nisso...

Eu não escrevi isto

Eu não escrevi isto.

quinta-feira, setembro 30, 2004

pipismo.blogspot.com

Dias houve em que o pipismo não havia.
E o mundo era negro e também escuro. Hoje, temos dias luminosos, até o google já reconhece o pipismo ... o nosso pipismo!
Tenho dito.

terça-feira, setembro 28, 2004

Comunicado importante

Deixo aqui uma mensagem de alta importância para todos os pipistas. É importante que a leiam, pois é vital para o movimento. É de referir que a importância desta mensagem é tal, que a devem ler várias vezes. Não se trata de um aviso, nem de um conselho. Não é tão pouco um comentário nem uma correcção. Trata-se apenas de um modo de apresentar de forma acessível, a todos os pipistas e não-pipistas, uma divulgação urgente que não possui qualquer tipo de refúgios elaborados ou de conceitos complicados. Aqui fica registada, pois, a mensagem. Agradecia que também a divulgassem.

Muito obrigado pela vossa atenção.

Pipismo ao Poder!

O Pipismo está, de facto, em todo o lado. Defendendo com a minha própria vida a Verdade Pipista, defendo a criação do Partido Pipista Português, PPP. Este partido a haver já está a trabalhar. Ele está, inclusivamente, no poder. Ora vejamos: o estado português é laico, tal como está enunciado na sua Constituição. No poder está um partido de ideologia religiosa, não-laico: o CDS. Isto é o Pipismo a funcionar. Este partido assume diversas designações: Partido Popular, Democracia Cristã. Isto não podia ser mais pipista... Repare-se até na abreviatura mais comum, PP, Pipismo. Note-se como esta designação se funde com o nome do secretário-geral, Paulo Portas, P.P., ele próprio assumido pipista: no dia da tomada de posse do último primeiro-ministro (último-primeiro, Pipismo) P.P. não sabia que ia ser Ministro dos Assuntos do Mar, e no entanto sabia!! Pipismo! P.P. é o PP... P.P. é o partido. Isto é Pipismo de alta qualidade. Repare-se como o P.M. sabe coisas que os seus ministros não sabem (Saúde, Educação), mas que no fundo sabem! Pipismo...

Mas, perguntais vós, se estes partidos saírem do poder, como é exercido o Pipismo? Para isso, o Pipismo pensou no PS, um partido pipista, de ideologia ambígua, ora à esquerda ora à direita. O PS não é centro, ele é a direita e a esquerda ao mesmo tempo... Pipismo! Note-se como o principal candidato a secretário-geral já está eleito, e no entanto sujeita-se a eleições... O Aparelho não existe, mas está lá, a funcionar! Pipismo...

E os outros? O BE é pipista, não deseja o poder mas negoceia uma abertura que possibilite uma aliança... Pipismo? Sim! O PCP defende ideais comunistas e segrega os renovadores, ao mesmo tempo que em todo o mundo o comunismo definha e se abre ao capitalismo... Pipismo!

Pipismo! Pipismo! Pipismo! SEMPRE PIPISMO!!!

segunda-feira, setembro 27, 2004

Solidariedade

Em relação ao desacordo do João Vasco, expresso aqui o meu total e absoluto apoio. Estou em perfeita discordância com o que foi dito nesse texto, e jamais concordei com aquilo que lá está expresso. Escrevi-o com total e absoluta convicção, não depositando a menor veracidade no seu conteúdo. Tudo o que escrevi é a mais pura verdade, e os Princípios Filosóficos estão completamente errados.

Desacordo

Estou em total desacordo com o texto abaixo enunciado.

Princípios Filosóficos da Doutrina Pipista

O Príncípio Único do Pipismo é o de que o Pipismo não tem princípios. O Pipismo serve o Pipismo. O Pipismo não possui a estrutura de uma ideologia, porque as ideologias são opiniões metafísicas: o Pipismo é a Verdade. Qual é a origem da Verdade? Não será ela intemporal, existindo independentemente de nós? Tal é a natureza do Pipismo: o Pipismo sempre foi, é e sempre será. Ele está a acontecer, está em marcha agora, e nada o pode parar. Não tem Início nem Fim. Ele é o Início e o Fim. A causa de todos os efeitos. É o Pai e o Filho em simultâneo. Ele é o Sim e o Não, o Tudo e o Nada, a Vida e a Morte. Ele deve ser amado por todos nós, e nunca questionado: nada há a questionar no Pipismo pois ele é Perfeito. Questioná-lo é impossível, rejeitá-lo é desejar a Morte. Dizer não ao Pipismo é dizer sim ao Pipismo. Não há solução senão aceitar o Pipismo e segui-lo é a única via. Adorar o Pipismo é Bom. O Pipismo é a realidade. O Pipismo é a Justiça, a Democracia, a Igualdade, a Liberdade, a Fraternidade. O Pipismo é o Amor Incondicional ao Pipismo.

Camaradas,
Juntemo-nos na tarefa sagrada que é espalhar a palavra pipista. Abracemos o Pipismo sem condições, para que um dia possamos celebrar a Comunhão Absoluta do Pipismo. O dia em que o Sol nascerá apenas para os pipistas. O dia em que o Pipismo for o Sol de todos nós.

Eles andam ai! São 3 e andam aos pares!

O Pipismo é composto aproximadamente por 3 e andam aos pares:

Pois ora veja-se o pi é aproximadamente 3 e no (pi)(pi)ismo anda aos pares.

Eis que esta doutrina é a única que explica a famosa frase:
Eles andam ai! São 3, e andam aos pares!

E está para breve a demonstração que nada pretende demonstrar. Senão a essência da sua própria não existência.


A verdade sobre os símbolos do Pipismo

Tudo no pipismo está relacionado.
Vejamos os símbolos.
Como pi<~4 e pipismo tem duas vezes pi então temos 2*4 e esta é apenas uma de
muitas relações entre o simbolo de dominó 4/4 com o "pi""pi"smo.
Como pi=3.14 -> 3 1 4 -> 3+1=4 -> outra relação entre os 2
símbolos.
E é só o começo...Muitas relações tornar-se-ão óbvias só
precisamos de procurar.

"the truth is out there"

Anestesia 0:1:1

Frequentemente me perguntam:
"O que tem o Pipismo que outras religiões/seitas/empresas/partidos_políticos/filosofias/etc não têm?"
Prontamente respondo, após uma reflexão cuidada:
"Meu Caro, o Pipismo tem de tudo e o Pipismo não tem nada."

Diálogo Esclarecedor

A PAW já foi tocada pela revelação Pipista.
Bem-vinda seja no seio de nós.
No entanto, antes da VERDADE Pipista se ter tornado clara perante o seu coração, PAW vacilou com certas dúvidas.
Vou reproduzir uma troca de impressões que tive com ela no MSN:

PAW: mas continuo a não perceber O QUE É O PIPISMO
JV: O Pipismo está num nível acima das demais Religiões, já que não se limita a ser uma religião e um negócio, sendo também uma filosofia, um modo de vida, uma ideologia político-partidária e meta-partidária, um reiciptuário culinário alternativo e convencional, um conjunto de doutrinas cinematograficas que as engloba a todas, o espírito que conduz a maçonaria, a opus dei, a redação das populares revistas "Maria" e "Playboy", e mais, muito mais.
Nota: podem pensar que isto é uma mera cópia de um texto que eu já tinha escrito num artigo anterior, só para não ter trabalho. Estão enganados. O texto aparenta ser igual, pois não difere em nenhuma letra ou palavra, mas é diferente.
PAW: pois pois
JV: o Pipismo, Engrácia*, é TUDO
JV: e não é
JV: podes dizer q é uma parvoíce estúpida
PAW: e não é NADA ao mesmo tempo
JV: e terás razão
JV: mas não tens
JV: e tens,
JV: mas não terás
JV: nem tiveste tendo
JV: nem tendo tiveste
JV: mas tendo tiveste tido
JV: se não tido tiveste tendo
JV: terias tu tido tendo?
JV: NÃO
JV: SIM
JV: te-la-ias quem sabe talvez
JV: ou talvez certamente não
JV: esclarecida?

Certamente ela, tal como o leitor (tu), PAW terá ficado esclarecida, com tão esclarecedoras palavras.

Engrácia?

*Engrácia é o nome fictício de PAW. Estamos a proteger a sua identidade de perigosos fundamentalistas Poto-Pipitistas-anti-Pipistas reaccio-revolucionários, que revelaram através do vomitado do cão de uma amiga a quem demos cerveja a beber [senti isso sem margem para dúvidas], querer desconverter PAW através de uma lavagem cerebral usando a música de Toy.

sábado, setembro 25, 2004

Já todos sabem

Já todos sabem disto, e não é grande novidade.
Mas não será de mais reafirmá-lo.

Eu sou _Deus.

Embora seja um mero semi-Deus totalmente divino, e mero humano de carne-e-osso, como os demais profetas abençoados pela revelação Pipista.

Faz tudo parte do Plano (olhar alucinado)

Tenho ouvido muita gente (pelo menos 7 dos meus amigos imaginários) contestar a minha pertença ao Blog "Diário Ateísta". Parece paradoxal e incoerente. Afinal, como posso eu dizer-me ateísta, e divulgar o Pipismo (que além de ser um negócio, uma filosofia, um modo de vida, uma ideologia político partidária e meta-partidária, e mais, muito mais, também é uma religião - a VERDADEIRA religião, coerente inclusivamente com as restantes, embora num paradigma de superioridade)?
Hã?
O que é que eu tenho a responder a esta grave acusação?

1- É, de facto, paradoxal. Mas os paradoxos são eles próprios também parte do Pipismo. Ao alimentar paradoxos, desde que com eles saiba viver e trabalhar e encontrar o equilíbrio (ou mesmo que se dê a situação oposta, ou intermédia) estou a fortalecer a vivência do Pipismo.
Ao criá-los, ao eliminá-los, ao esclarecê-los, ao mistificá-los, ao resolvê-los, ao encobri-los... O Pipismo está em todo o lado. TODO.
E em lugar nenhum, senão na nossa mente, e na maioria dos espaços físicos, místicos, imaginários e mentais, uma maioria tão esmagadora que os engloba a todos.

2- Faz tudo parte do Plano (olhar alucinado). Fazendo parte do movimento ateísta, posso desintoxicá-lo por dentro. Posso insidiosamente levá-los a ver a LUZ. Posso levá-los a descobrir e viver a VERDADE PIPISTA.

3- O movimento ateísta pode aliás ser parte do mais vasto movimento Pipista. Sabemos bem que o Pipismo é coerente (e superior) com as demais religiões. Mesmo quando elas são incoerentes em si e entre si. O Pipismo está num nível acima das demais Religiões, já que não se limita a ser uma religião e um negócio, sendo também uma filosofia, um modo de vida, uma ideologia político-partidária e meta-partidária, um reiciptuário culinário alternativo e convencional, um conjunto de doutrinas cinematograficas que as engloba a todas, o espírito que conduz a maçonaria, a opus dei, a redação das populares revistas "Maria" e "Playboy", e mais, muito mais.
Da mesma forma, o Pipismo é superior ao ateísmo, e tem obrigação de controlar o movimento ateísta. Pode parecer um paradoxo querermos dar a dízima a crentes-ateus, mas fá-lo-emos, tal como em relação aos demais crentes (retendo os restantes 90% dos respectivos rendimentos, como é óbvio!).

Poesia não, Primeiro a reflexão.

Temos de meditar
Para o Universo proteger
Temos de o conquistar
Para o equilíbrio manter

Somos quatro,
Somos cinco,
Somos mais,
Somos menos

O Pipismo triunfará
A Civilização não cairá
Os guardiões dos Universos
não mais estão dispersos

A Rainha do Baile
Não será humilhada,
A árvore dos PIC-F16-48X
será abundantemente regada

A fogueira será alimentada
A dízima será entregue
Em ti, darei uma estalada
Não haverá quem negue

Ou não...

segunda-feira, setembro 13, 2004


Uma para ti outra para o vazio Posted by Hello

Saudações e divagações interrogativas

Saudações a todos:

Parece que me registei neste dito “blog de pipismo”. Contudo não sei bem ainda de que se trata nem quais os seu propósitos (dominar o Universo? será?). Gostaria deste modo uma explicação. E já agora porque pipismo?

Mas deixando a pergunta no ar penso que posso no entanto dar a minha primeira imagem sobre a criação de mais um “ismo”.

Começo naturalmente pelo nome, Pipismo. Nome este que aparentemente parece provir de pipi que curiosamente se apresenta com significados bastante peculiares. Ora vejamos:

Iniciemo-nos com o mais tradicional e popular pipi dos meninos e meninas. Querendo com isto se referir aos órgãos genitais de cada um, assim como alguns dos efeitos de ai obtidos. Com base nesta definição não me parece que esta corrente se tenha criado a partir destes moldes, digamos que não seria muito original (se é que é originalidade que se pretende). Mas não fugindo aos trâmites dos dizeres populares posso referir ainda que o pipi, está associado também a galináceos e mais vulgarmente ao som que se produz durante o seu chamamento. Hmmmm….

Mas entrando em patamares mais científicos podemos dizer que o pipi é o nome dado a uma "árvore medicinal da região amazónica; planta subarbustiva, da família. das Fitolacáceas, tropical, de raiz com cheiro aliáceo, tóxica e medicinal, usada para matar peixes"
Existindo também ervas com o dito nome, ora vejam o site da dita “Erva de Pipi”:

http://www.cotianet.com.br/eco/HERB/guine.htm

(também não me parece)

Poderia ainda fazer referência à pipi-das-meias-altas, mas penso que não será necessário pois o nome por si diz tudo.

Por ultimo e não o menos importante - o famoso nº Pi. Ora ai está! Pode ser que neste número se encontre uma explicação – pipi não é mais que o produto de pi por si mesmo, quer isto dizer pi ao quadrado. Ora quadrado leva ao dito nº 4 a que se faz referência nos anteriores posts. Será? Ou será que a lógica de tudo isto é a de não ter lógica, senão aquela ditada pela nossa necessidade de fugir à lógica do nosso próprio mundo.
Será este novo “ismo” a corrente que procura algo muito acima do terceiro excluído – digamos o quarto excluído?

Já agora! Não me lembro de me terem pago pela foto dos quatro dedos (mas estou certo de que foi simplesmente um esquecimento).

E já existe uma música atribuída ora vejam e ouçam:

http://w3.restena.lu/musep/Songs/Pipi.html

(o que me leva a perguntar – será que já existe alguma espécie de hino?)

sexta-feira, agosto 27, 2004

Símbolo - A mudança

Meus amigos...
Não querendo deitar fora esse profundo símbolo, o número 4 na palma da mão, que nos é muito querido venho expor a minha modesta opinião de que devemos passar a um símbolo mais activo e mais forte!
Quem quer dominar o Universo tem que se fazer ouvir, não podendo ficar em silêncio à espera que este venha aos nossos pés se deixar subjugar.
A minha proposta é nada mais nada menos um símbolo que simboliza verdadeiramente esta doutrina filosófica como modo de vida e que ao mesmo tempo é um elemento representativo do verdadeiro poder. Dizendo isto por outras palavras seria assim uma imagem representativa de tudo o que o Pipismo representa. Meus amigos o que eu quero dizer é muito simples, e para não me demorar muito mais nesta exposição de ideias, clarifico já a situação.
A buzina... sim a buzina.
Ora uma buzina é um símbolo de poder... na medida em que com uma buzina na mão nós temos o poder de fazer o que quisermos, temos o poder de buzinar ou não!
O facto de eu dizer que a buzina é um símbolo intimamente relacionado com o Pipismo prende-se simplesmente com este facto:
Pergunta: - qual o barulho que uma buzina faz?
Resposta: - uma buzina faz "PI PI!!"
É atraves de coisas realmente simples que se pode fazer grandes conquistas.
E para não fugir às nossas raízes o mais acertado seriam 4 buzinas. Ora como grande parte de nós tem 5 membros dispostos ao longo do nosso corpo bate tudo certo.
Espero assim comentários e ideias dos outros elementos constituintes do Pipismo.

Símbolo

O símbolo actual, e único até à data, é o que apresento em seguida:



Para muitos uma imagem vulgar da palma de uma mão. Contudo, esconde um simbolismo profundo associado aos vários aspectos da nossa fé.

Membros veteranos

Aprecio as discussões empolgantes que já decorrem neste blog. Mas isto ainda não é nada. Sei que todos temos consciência disso. Portanto só me resta deixar o desafio mais uma vez ... BAMOS LÁ EMBORA!!

quinta-feira, agosto 26, 2004

Novos "utilizadores"

Se calhar dava jeito colocar algures aqui uma explicação ou algo parecido para convencer o ppl a juntar-se, enquanto for entre nós está tudo bem, mas se querem adicionar pessoal de fora convinha colocar aqui algum texto!


Apagarei este Post daqui a uns dias, entretanto eu votava que devia ser o JV a fazer o texto e alguem a fazer o resumo, porque senão podem não se dar ao trabalho de ler!

:)

Simbolo

Então que aconteceu com o icon do pipismo?
Temos de arranjar uma bandeira!
ou não.

quarta-feira, agosto 25, 2004

básico man

Acho que já me consegui inscrever....agora só falta o mais fácil, dominar o mundo através do pipismo.