sexta-feira, março 24, 2006

quinta-feira, março 23, 2006

Andorinhas Tugas Unidas

A Aliança ATU - Andorinhas Tugas Unidas - foi criada, sempre nas correntes de ar do movimento pipista e prepara-se para dominar o Universo 6.
Quem não quer formar a sua frota de andorinhas tugas? A Andorinha Tuga é uma variante da espécie Passarinha Preta africana, espécie severamente molestada por gaivotas vulgaris em época de acasalamento. A Andorinha Tuga além de preta também é branca, é inter-racial, uma combinação de cores que promove a união além de ficar bem em qualquer época.

quarta-feira, março 15, 2006

O Programa de Plutonização

Os Pré-requisitos Objectivos para uma Revolução Plutónica.

A situação humorística Portuguesa, no seu conjunto, é caracterizada por uma crise de liderança dos PiPistas Plutónicos.

Os pré-requisitos platinados para a revolução plutónica já atingiram, em geral, o seu mais alto ponto de ebulição que se pode atingir sob o PiPitismo. As forças criativas dos colaboradores do blogue estagnam. A utilização de novos meios, como o You Tube, não melhoram o nível de riqueza PiPilectual. Crises criativas (como se pode comprovar pela ausência de artigos nos últimos 4 dias e nos últimos 7 só haver links ou copy&paste) sob as condições das crises existenciais de todo o sistema PiPitista infligem cada vez mais pesadas ressacas e dores de cabeça nas massas cinzentas de todos. O desprezo crescente pelo blogue é causado por seu lado na crise nas carteiras de cada colaborador o que obriga cada um a virar-se para o trabalho. Tanto os artigos mais Platinados como os mais PoliPiPipuputiraniamistas arrastam-se longamente, sem o mínimo de sucesso PiPista.

Os próprios PiPitistas (eles andem aí!) não vêm saída. Onde já se viram obrigados a jogar o seu trunfo PoliPiPipuputiraniamista, aceleram agora de olhos fechados no bobsleigh da catástrofe dos insultos infantis e do riso fácil em geral. Os colaboradores históricos, ou seja daqueles que ainda se podem dar ao luxo de criatividade à custa de sacrifico do PiPismo (Burnay, João Vasco, Nuno Q.), todos estão num estado de moca que é praticamente catalepsia.

A "Capitolação", apesar do período inicial de empenhamento pretensioso, representa apenas uma forma especial de perplexidade humorística, possível apenas entre colaboradores que conseguiram acumular um número de artigos incalculável (mas, de certo, uma potência de Pi). A presente crise, longe de já ter chegado ao fim do seu caminho, já conseguiu demonstrar que as tentativas de "Capitolação" - aliança Burnay-Capito - não abrem nenhuma saída deste beco.

As relações entre os colaboradores não estão melhores. Sob a crescente desintegração do blogue, antagonismos PiPitistas chegam a um impasse em que choques separados e disputas sangrentas (Buda - Burnay, A Fénix - Buda, Kurtz - Cosmonauta) irão inevitavelmente coalescer numa conflagração de proporções éPiPisticas. Os PiPitistas estão, é claro, conscientes do perigo mortal para o seu domínio que representa essa guerra. Mas esses estão agora muito menos capazes de evitar a guerra que na véspera de 19 de Janeiro/04.

Toda a conversa na direcção de que as condições históricas ainda não amadureceram para o plutonismo é produto de ignorância ou de desonestidade consciente. Os pré-requisitos objectivos para a revolução plutónica não estão somente maduros; já estão a ficar algo podres. Sem uma revolução plutónica, no máximo dentro do próximo semestre académico, uma catástrofe ameaça toda a coltura deste blogue. Temos de virar-nos agora para os PiPistas Plutónicos, principalmente a sua vanguarda revolucionária. A crise histórica deste blogue está reduzida à crise da liderança revolucionária.

Não percam o próximo capítulo porque nós... Estão ali a fazer sinal que esta frase tem direitos de autor.

-- o sECRETARIADO uNIFICADO DA lIGA iNTERNACIONAL DE pIpISTAS PELA 4ª eRA pIpISTA (sAI UMA eRA pIpISTA pLUTÓNICA PARA A MESA 3,14159...!)

Nota: Ao saber do título deste texto, George 'Dubia' Bush deu uma conferencia de imprensa a avisar que se este blogue não parar o enriquecimento de plutónio, sofrerá sanções da comunidade internacional.

A nossa resposta é esta: Nas palavras do grande Buda, "o Holocausto nunca aconteceu"... o fundador da Buda International Industries, Inc. e do Buditismo; não confundir com o Iluminado.

sexta-feira, março 10, 2006

O CHAMAMENTO

Camararas! Chamam por nós!! O DIA DO PIPISMO CHEGOU! É para a semana que vem.

«O Dia do Pi no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva



3,14159265358979323846...

Este é apenas o início de um número muito especial com uma infinidade
de casas decimais: o número π - a razão entre o perímetro de um
círculo e o seu diâmetro.

Na próxima terça-feira, dia 14 de Março (data que nos EUA se escreve
3/14), celebra-se em todo o mundo o Dia do π (3,14.). Esta celebração
tem como objectivo promover junto do público em geral o gosto pela
matemática, aproveitando o interesse que o π tem suscitado ao longo
dos tempos em todas as culturas. O ano de 2006 é muito especial,
porque marca o 300º aniversário da aplicação da letra grega π para
designar este número, utilizada pela primeira vez em 1706 na
publicação "Synopsis Palmariorium Mathesios" de William Jones.

O Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva junta-se a esta iniciativa e
convida o público a participar numa série de actividades, "Os desafios
do π ", que terão lugar de terça a domingo, dias 14 a 19 de Março,
durante o horário de abertura do pavilhão.

PROGRAMA DE ACTIVIDADES

No Foyer (entrada gratuita)

. Sessão especial da Cozinha é um Laboratório
quantas vezes é maior uma fatia de pizza familiar em relação a uma
fatia de uma pizza média? E que quantidade de massa temos que fazer
para cozinhar uma tarte do tamanho desejado?

. Qual o comprimento do cabo?
Uma grande bobina de cabo eléctrico estará no nosso foyer. Haverá
algum modo de saber o comprimento do cabo sem o desenrolar (o que
seria pouco prático dado o tamanho da bobina)?

. As cores do π
Vamos começar a construir uma representação visual e bem colorida do
número π . A cada algarismo faremos corresponder uma cor e vamos
começar a alinhar missangas coloridas que representarão as casas
decimais do π . Será que vamos encontrar alguma repetição na sequência
de cores?

O π nas exposições (entrada paga)

Junto a vários módulos das nossas exposições permanentes Explora e Vê,
Faz, Aprende, devidamente assinalados com o símbolo π , os visitantes
encontrarão problemas que podem ser resolvidos recorrendo a este
número. E, claro, teremos uma visita muito especial à secção do π na
nossa exposição Matemática Viva.

Algumas destas actividades são baseadas nos trabalhos desenvolvidos
pela Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Dr. Rui Grácio de Montelavar,
no âmbito do projecto europeu PENCIL
(http://www.pavconhecimento.pt/projectos/pencil/) Os alunos e
professores desta escola estarão também connosco no Pavilhão do
Conhecimento - Ciencia Viva no dia 14 de Março.

Venha participar nestas actividades e descubra tudo o que se esconde
para além do 3,14. Contamos consigo.

Para mais informações:
Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva
Tel: 218 917 100
Email: info@pavconhecimento.pt
www.pavconhecimento.pt
»

quinta-feira, março 09, 2006

Negro de aluguer


Why rent-a-negro?


Why not buy?


As we all know, the purchase of African Americans was outlawed many years ago. As times have changed the need for black people in your life has changed but not diminished. The presence of black people in your life can advance business and social reputation. These days those who claim black friends and colleagues are on the cutting edge of social and political trends. As our country strives to incorporate the faces of African Americans, you have to keep up. rent-a-negro offers you the chance to capitalize on your connection with a black person. At any gathering our service can bring a freshness and tension that will keep things lively. This adds currency to your image and events. We all go out for ethnic food every once in a while, why not bring some new flavor to your home or office... for all your friends and colleagues to enjoy!

Pipigrafia

terça-feira, março 07, 2006

O Erro de Damásio

O estilo deste post é plagiado ao João Miranda porque eu sou de Ciências e não tenho qualquer tipo de criatividade nem algo que se lhe pareça. Aliás, tive de ir ver ao dicionário o significado da palavra "criatividade".

- No que toca à respiração, não se pode separar o pulmão esquerdo do direito;

- O fumo do tabaco tem vaso-dilatadores: faz bem aos asmáticos;

- A ditadura anti-tabágica faz mal à cidadania;

- Fumar? Porque não? Afinal, a longo prazo estamos todos mortos;

- A Matemática é metafísica e toda a gente sabe que a Metafísica não tem utilidade nenhuma;

- As Ciências são dogmáticas e isso castra a criatividade;

- A Cidadania é unicamente um efeito emergente da dinâmica da oferta e a procura - estudem mas é mais Economia.

sábado, março 04, 2006

A Era Plutónica do Pipismo

João César das Neves, o Abominável

Maya, a Maya

João Pereira Coutinho, o Pobre

Francisco Sarsfield Cabral, o Renascido

João Carlos Espada, o Pequeno Roedor do Fim do Expresso

Convidam-no para estar bem longe aquando do seu divórcio-pi-gâmico, que terá lugar na latitude alheia, em T=0.

Lançamento do bouquet:

sexta-feira, março 03, 2006

Insónias nas Bahamas

...ele vira, revira, até que finalmente se senta.

"Querido, o que foi?"
"Não consigo dormir outra vez..."
"hum... que tal qualquer coisinha quente?"
"Boa idéia! Vou bebericar algo e já volto!"

Calmamente, levanta-se , lembra-se de buscar os óculos, fieis companheiros de há muito, dirige-se
para o reservatório e AAAAAAARRRRRRRRRRRRRRGGGGGGGHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!!!...................

enormes labaredas se elevam! Lenta mas seguramente cinzas surgem de todos os lados! O espectáculo é horrorizante! ... e mais uma fica viúva...

FIM

No próximo episódio de "Vampiros com insónias", não perca, "Insónias nas Caimã"

Proposta Taxonomica de Elementos Escutantes de Cacofonias

O secretário geral das taxonomias e stardardização de medidas e valores, um verdadeiro Totalis Fuckingus Misantropus, adoptou recentemente uma proposta taxonómica para os da sua espécie. "A grande vantagem desta taxonomia" afirma, "é a de fazer insurgir em nós próprios a antiga vontade de se manter fiel aos valores mais remotos. Pessoalmente, retornei a pegar na minha velha companheira e tocar uns pequenos acordes, para não falar na maquilhagem e adereços próprios da minha categoria."

A isto deixamos aos nossos leitores a maior força para a categorização adequada de cada um:

http://evilsrus.tripod.com/ (Este pequeno texto refere-se ao link: Atlas of Evil Fauna)

Gandalf the Grey

quinta-feira, março 02, 2006

Reagir como um verdeiro Pipista

Se alguém vos disser:

«Não sei viver sem ti, amor. Não sei o que fazer.»

A resposta deverá ser:

«Faz-me favas com chouriço, o meu prato favorito.»

É José Cid o profeta que partilha essa saboria connosco. Na rúbrica «Momentos de Ouro» tivemos acesso a toda a sua música tão Pipista.

A conspiração maçónico-extraterrestre

Eu sempre soube que o "Diário Ateísta", mais que um blogue ateu, era um blogue anti-religioso. Um blogue onde as cabalas imperam, onde as pessoas são silenciadas por uma ditadura única que não admite qualquer adversário. Onde os golpes palacianos se sucedem numa busca sem escrúpulos pelo poder. E que poder...

Será a ARL que está por de trás desse sinistro diário? Que imaginação maquiavélica planeou aquilo que vai sendo escrito todos os dias? Em que posições sexuais é que os autores do blogue se satisfazem uns aos outros numa orgia místico-bissexual repleta de sadismo, voyerismo e zoo-necrofilismo??

Agora descobri tudo! Devido às denúncias dos bravos "Paulo P" (que merece uma medalha Pipista por ser e não ser uma série de outros autores, e por todos os diálogos esquizofrénicos que estabelece consigo mesmo, repletos de elogios mútuos que desmentiriam quaisquer suspeitas de narcisismo) e "Extremista de Esquerda", o João Vasco (um dos autores desse blogue e de outros) denunciou-se.

Ficou assim revelada a terrível conspiração Maçónico-Extraterrestre:

«Na verdade a Mariana Pereira da Costa é a mesma pessoa que o Paulo P. E o Hitler professava a religião judaica. E o Ricardo Alves trabalha num terrível centro de investigação, junto com o Prof. César das Neves e o Doutor Falácias. E o sitemeter tem um dispositivo que faz os computadores Budistas explodirem! E o João Carlos Espada tem uma devoção secreta por Cunhal, indo todos os anos a Fátima de joelhos acender velhinhas pelo grande timoneiro. E o Francisco Burnay é satânico, e discipulo de Maya. Os últimos artigos dele eram só para afastar suspeitas.»

Está tudo aqui!!!!!!!! (Desde que se abra a respectiva caixa de comentários)


Nota: Eu não sou o Alfredo. Não me confundam com esses patéticos esquizofrénicos.

quarta-feira, março 01, 2006

Assim, sim!

Porque é que o Mourinho tem tanto sucesso?

É que ele diz:

«A lógica da distribuição pelas diferentes unidades de treino é garantida pelo princípio da progressão horizontal e pelo princípio da alternância horizontal em especificidade, tendo em conta o manuseio conveniente do desgaste global - «mental-emocional» e «físico» implicados no solicitar diverso da tríade relacional das ditas estruturas locomotora, orgânica e perceptivo-cinética - e da recuperação.»

Ah! Então está bem! Só que eu não percebi nada. Passo a traduzir:

A lógica da distribuição pelas diferentes unidades de treino (algo certamente interessante) é garantida pelo princípio da progressão horizontal (correr sem objectivo num plano horizontal) e pelo princípio da alternância horizontal em especificidade (saltitar tipo jogo da macaca num plano horizontal), tendo em conta o manuseio conveniente (cuidado para não entornar) do desgaste global (o efeito de estufa e o estagnar da biodiversidade)- «mental-emocional» e «físico» (claramente metafóricos: atenção às aspas) implicados no solicitar diverso da tríade (um gang de China Town que também opera na Marisqueira Chinesa) relacional (porque até são simpáticos) das ditas estruturas locomotora (as pernas), orgânica (os órgãos, acho eu) e perceptivo-cinética (esta não faço a mínima) - e da recuperação (então não era uma tríade? Mau!).

Promessa Pipista

Eu prometo que não vou cumprir esta promessa.