quarta-feira, dezembro 10, 2008

PiPismo na justiça - um abuso de menores PiPista




Um australiano foi condenado por pornografia infantil por ter em sua posse alguns ficheiros mostrando os irmãos Bart, Lisa e Maggie Simpson em cenas sexualmente explícitas. O arguido tinha sido condenado em Fevereiro e viu ontem a sua condenação confirmada por um tribunal de apelo, que deliberou que os desenhos animados da série norte-americana "The Simpsons" são crianças e foram retratadas em comportamentos sexuais muito realistas. [...]

O legislador deliberou que a palavra "pessoa" inclui personagens imaginárias ou ficcionais e que uma representação irrealista de uma figura não a impede de ser uma "pessoa", indica o jornal "The Australian".

Comentário de um leitor desgostoso: «Imagino que serão emitidos mandatos de captura contra Humbert Humbert, Lex Luthor e os irmãos Metralha.»

Pois que sejam! Essa escumalha já devia ter sido posta atrás das grades há muito tempo.

E esse pedófilo nojento e asqueroso que andou a consumir pornografia dos Simpsons, é bom que sofra pelo que fez, essa nojeira hedionda, essa badalhoquice asquerosa. Coitadinhos dos Simpsons, até são, no dizer de alguém sábio, uma família "super divertida".

1 comentário:

Francisco Burnay disse...

Espero pelas deliberações da ONU sobre as movimentações do Império há muito, muito tempo, numa galáxia longe daqui.