sexta-feira, julho 29, 2005

Pitágoras era Pipista!

Pitágoras foi um grande Pipista porque foi o primeiro a descobrir o PI*.
Além disso, também provou o teorema de Pitágoras, de acordo com o qual: «um triângulo rectângulo cuja hopotenusa corresponda ao diâmetro de uma circunferência de área PI, terá dois catetos cuja soma das áreas de dois quadrados que os tenham como lado será diferente de 4».

Mas o que era fascinante em Pitágras eram as regras que ele impunha à comunidade que o seguia:

-não se podem apanhar parafusos do chão
-não se pode comer carne ou feijões
-as fedolências matam-nos pois cada pesoa tem uma certa quantidade de «ar vital»
-há números feniminos e masculinos, completos e incompletos, com diferentes personalidades: há que conhecê-los
-não deixar as marcas do corpo nos lençois
-acordar pouco depois do Sol nascer
-vestir-se de branco
-a música tem proprieades curativas: há que usá-las
-não se pode ver ninguém a comer galos
-não se pode avançar além da balança
-não se pode alimentar animais com garras
-pôr sempre sal na mesa
-não urinar contra o Sol
-não partir os dentes
-não se deitar às 9
-não plantar palmeiras
-evitar as doninhas
-é um crime deitar pedrinhas às fontes
-não escrever na neve

Além disso, Pitágoras e a sua comunidade tomava como verdades as seguintes afirmações:

(1) em seu nível mais fundo, a realidade é matemática em natureza,
(2) a filosofia pode ser usada para purificação espiritual,
(3) a alma pode chegar à união com o Divino,
(4) certos símbolos têm uma significação mística, poderes evidentes
(5) todos os irmãos da ordem devem observar lealdade rígida e segredo
(6) o Pipismo é a Verdadeira Salvação

Um momento de silêncio em honra de Pitágoras.
A ele, homenageio este artigo.



*Foi, e não foi. Antes que qualquer pipitista (queimem-nos!) afirme que algumas estimativas de PI já eram conhecidas muito antes de Pitágoras, convém reconhecer que a dada altura da sua vida, Pitágoras descobriu o PI através do conhecimento antecedente. A questão que aqui se coloca é que quando afirmamos que um indivíduo foi o primeiro a fazer qualquer coisa, referimo-nos a um determinado grupo no qual ele se insere. Se nós considerarmos que o grupo a quem nos referimos ao afirmarmos que Pitágoras foi o primeiro a descobrir o PI, como o grupo constituído pelo próprio Pitágoras, então podemos concluír que Pitágoras foi o primeiro a descobrir o PI.

Além disso, podemos concluír que Pitágoras foi o último a descobrir o PI. Assim sendo, é extraordinário que os jovens de hoje estejam (e não estejam) familizarizados com o conceito! Mistérios do Pipismo!

3 comentários:

Pedro Pinto disse...

Concordo plenamente, eu sempre que como galo uso uma venda de forma a não infringir as regras impostas por Pitágoras...

O Pitágoras é pipista, e começa logo no nome... Pi - tágoras

Pedro Pinto disse...

Na minha opinião, o mais importante dos gregos em relação ao Pi foi Arquimedes e não Pitágoras...

No entanto, é sabido que o Pi já tinha sido descoberto com uma precisão impressionante pelos Egipcios à mais de 5 mil anos, muito antes dos gregos, e com uma precisão maior!

Mas houve outras civilazações que determinaram o Pi antes dos gregos como a Babilónia...

João Vasco disse...

"Foi, e não foi. Antes que qualquer pipitista (queimem-nos!) afirme que algumas estimativas de PI já eram conhecidas muito antes de Pitágoras"

João Pinto, ao fazeres o comentário que fizeste PROVASTE que NÃO és um Pipitista (ou não...).

Parabéns!!!