terça-feira, fevereiro 21, 2006

Alternativa à Ota

Um aeroporto na Ota não serve os interesses dos portugueses. Há uma alternativa muito melhor. A receita é a que se segue:

1) Rapta-se uma prostituta ateia viciada em droga, aliciando-a com uma dose para depois a enfiar na mala de um carro roubado com matrícula previamente removida;
2) Torturá-la com holofotes e administrar-lhe um sedativo veterinário forte deixando depois o preparado a repousar na mala do carro;
3) Mascarar o João Vasco de virgem nazarena;
4) Rumar à Ota;
5) Às 5 da manhã, acordar a prostituta e largá-la na natureza em direcção a um pedestal onde está o João Vasco mascarado de nazarena;
6) Berrar a plenos pulmões para um microfone ligado a um poderoso sistema amplificador a seguinte deixa: "Eu sou a Virgem da Ota", pi vezes;
7) Prosseguir com: "A irmã Lúcia está aqui comigo mas o 3º segredo tinha uma gralha que passo a rectificar";
8) "O verdadeiro segredo é que em 2006 um grande milagre vai acontecer na Ota";
9) "Deus Nosso Senhor está muito zangado com os caminhos do eng. José Sócrates";
10) "Vou mostrar-te o Inferno, que é para tu acreditares";
11) Projectar num ecrã gigante a página principal do Diário Ateísta;
12) Lavar o cérebro da prostituta que entretanto já não deve ser ateia e metê-la num convento;
13) Publicitar o Milagre da Ota, a conversão da prostituta e o pi-ésimo Segredo de Fátima;
14) Construir uma Mega Catedral da Ota, com joelhódromo de 7 pistas;
15) Arrebanhar muito dinheiro livre de impostos;
16) Rumar a um destino tropical bem caro;
17) Desmascarar o João Vasco para não nos acusarem de ofender as profundas convicções dos portugueses.

2 comentários:

cosmonauta disse...

ainda estou a chorar ... é um pichoro :D

Francisco Burnay disse...

Tu querias era ser a virgem da Ota.